DP Empresas De hobby a profissão: o beabá de uma mesa bem posta Com o Beluquices, Isabela Azevedo resolveu disseminar a cultura de reunir famílias e amigos em casa

Por: Kauê Diniz

Publicado em: 05/01/2019 11:00 Atualizado em: 05/01/2019 12:10

Isabela Azevedo decidiu resgatar o protagonismo desses momentos e seguiu um caminho que parecia na contramão. Fotos: Facebook/Reprodução
Isabela Azevedo decidiu resgatar o protagonismo desses momentos e seguiu um caminho que parecia na contramão. Fotos: Facebook/Reprodução

Em uma sociedade, em geral, na qual os minutos parecem correr mais depressa e o tempo custa caro, as tradições, muitas vezes, terminam jogadas para depois. Separar uma hora do dia para reunir a família em volta da mesa, por exemplo, tornou-se um artigo de luxo, geralmente escolhido para ser desfrutado somente aos domingos. Despretensiosamente, Isabela Azevedo decidiu resgatar o protagonismo desses momentos e seguiu um caminho que parecia na contramão. Utilizou as armas tecnológicas como bússola. Quatro anos depois, as postagens nas redes sociais de fotos de almoços, cafés, chás e jantares se multiplicaram em milhares de visualizações e seguidores e o hobby ganhou status de profissão de meseira. Hoje, concilia o trabalho de conciliadora no Tribunal de Justiça de Pernambuco, onde é concursada, com as inúmeras atividades que sua página na internet, Beluquices, retrata diariamente.

Atualmente, mais de 62 mil seguidores acompanham as postagens no Instagram. São dicas de como fazer uma decoração de forma prática, que caiba em todos os bolsos, peças essenciais para se ter em casa, os chamados achados, onde pode adquirir louças ou produtos em preços mais em conta, entre outras coisas.

"As pessoas querem as coisas de forma mais fácil. Não têm tempo de ir a várias lojas, pesquisar e achar o que querem. Então, compartilho dicas de composição, os mimos que se pode dar aos convidados e tudo que possa incentivar as pessoas a reunirem a família e amigos em torno de uma mesa", diz Isabela, reforçando que é possível sim dialogar entre o popular e as peças mais luxuosas.

"Muita gente pensa que esse mercado de mesa posta é só de luxo. Tento comunicar do luxo ao mais simples e mostrar que é possível receber as pessoas em casa sem gastar tanto assim como se imagina na decoração", argumenta.

As "beluquices" de Isabela, porém, vem de bem antes dos milhares de seguidores no Instagram. Ela não sabe ao certo com herdou ou despertou o interesse por essa “profissão”. Diz que esse era um hábito em sua família e lembra que uma amiga achava fundamental sua presença quando precisa investir na decoração. "Acho que foi o meu olhar. Uma amiga dizia que comigo sempre achava tudo na loja", lembra.

Mas foi quando Isabela começou a postar no Instagram os jantares que fazia para o marido, após se casar em 2014, e amigos, em sua casa, que percebeu um número surpreendente de pessoas desconhecidas pedindo para segui-la na rede social. Aí surgiu o perfil Beluquices.

Em 2016, as dicas que inspiravam desconhecidos foram utilizadas por Isabela como um próprio conforto, ou melhor, "terapia", como ela mesmo diz, ao ter de lidar com um momento de tristeza familiar. Com o pai, Gilberto, diagnosticado com câncer, a meseira resolveu transformar o quarto “frio” do hospital em um espaço aconchegante para produzir memórias. "Junto com minha mãe, Claudia, montava mesinhas temáticas toda semana para ele. Foram dois meses assim, até ele falecer. Mas construímos memórias e aproveitamos cada momento", recorda, emocionada.

O NEGÓCIO

Nesse período, Isabela já estava sendo requisitada para fazer eventos, o primeiro na Camicado. A bacharel em direito, então, começou a perceber, em 2017, que o hobby começou a virar um negócio e o caderninho que sempre a acompanha a ter as páginas preenchidas com ideias novas.

Os convites e atividades, junto às postagens no Instagram, multiplicaram-se. Participou de eventos, no qual explica o beabá, desde as regras de etiqueta de composição de talheres nas mesas às decorações, em Garanhuns, Caruaru e Maceió. Geralmente, são dois por mês. Em 2019, deve ir a Aracaju, Natal e Vitória, no Espírito Santo. Em junho deste ano, começou a prestar assessoria em lista de casamento na Grillo Home Decor. No mesmo mês, resolveu encabeçar mais um projeto: Vai à casa das pessoas e monta a decoração e apresentação para um jantar romântico para o marido ou uma reunião para amigos ou família. O último projeto, o Na Mesa, foi um e-book, lançado em novembro, em parceria com a chef do La Cuisine, Tatiana Mendonça, com dicas de decoração e receitas natalinas. O próximo e-book já está traçado em seu caderninho de anotação. Deve ganhar formato nos próximos meses e será um guia básico de mesa posta, com a compilação de dicas que Isabela já dá a seu seguidores semanalmente.  

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.