ANP Desafio da indústria de petróleo é entregar produtos a preços justos

Por: AE

Publicado em: 03/01/2019 16:57 Atualizado em:

O diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, disse nesta quinta-feira, 3 ao abrir a cerimônia de posse do novo presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que a indústria de petróleo e gás tem o desafio de entregar produtos a preços justos para todos os brasileiros. Segundo ele, as variações de preços nas refinarias e o sucesso do pré-sal precisam chegar ao consumidor e, para isso, Petrobras, governo e ANP deixarão de atuar de forma alinhada, como acontecia no passado.

Para Oddone, a Petrobras conseguiu se recuperar e passou a se posicionar corretamente como empresa que busca maximizar os resultados para os acionistas. A nova realidade, porém, traz desafios adicionais para a agência. Como exemplo, destacou a decisão do ex-presidente da companhia, Ivan Monteiro, que compartilhou com a agência sua metodologia de formação de preços.

O diretor-geral da ANP destacou ainda a recuperação do setor nos últimos dois anos. O setor voltou a ter leilões de área de exploração e produção de petróleo e gás, que ajudam a destravar os investimentos no setor.

"A indústria terá um novo patamar, com produção de petróleo e arrecadação de royalties crescendo muito", disse.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.