DP Empresas Unimed Recife investe R$ 55 milhões em novo hospital Com aporte com recursos próprios, nova unidade na Ilha do Leite será focada na saúde da mulher, da gestante e da criança

Por: Luciana Morosini

Publicado em: 24/11/2018 10:00 Atualizado em: 22/11/2018 19:53

Edifício conta com 13 andares, sendo cinco para estacionamento, e 130 leitos. Foto: Unimed Recife/Divulgação
Edifício conta com 13 andares, sendo cinco para estacionamento, e 130 leitos. Foto: Unimed Recife/Divulgação

A Unimed Recife investiu R$ 55 milhões com recursos próprios em uma unidade exclusivamente focada na saúde da mulher, da gestante e da criança. O Hospital Geral Materno Infantil será inaugurado no próximo dia 27, na Ilha do Leite, e começará a atender o público no dia 8 de dezembro. O prédio conta com 13 andares, 130 leitos e vai disponibilizar emergência pediátrica e obstétrica, duas salas de parto humanizado, um bloco cirúrgico, 14 enfermarias e UTI neonatal e adulto. Além disso, um dos diferenciais da nova unidade é que ela terá um banco de leite. E os investimentos da Unimed Recife não param por aí e a expectativa de crescimento é positiva.

"O hospital marca o compromisso que temos com nossos obstetras e pediatras, já que antes só tínhamos pediatria na urgência e emergência. Os recursos vieram dos dois mil cooperados da Unimed Recife, todo mês a gente tirava um percentual de cada um para investir no hospital", explica Maria de Lourdes Araújo, presidente da Unimed Recife. A construção do prédio durou três anos e o edifício conta com 13 andares, sendo cinco para estacionamento, somando 150 vagas. "O terreno era próprio, a gente tinha comprado ele há uns 15 anos e ele fica ao lado do nosso outro hospital", acrescenta.

O Hospital Geral Materno Infantil gerou 500 empregos diretos e indiretos e, com eles, o número de colaboradores passou para três mil. Além disso, existe a expectativa de aumentar a base de clientes da cooperativa em 60 mil novas vidas nos próximos cinco anos. Atualmente são 216 mil clientes. "Crescemos o número de clientes 2,4% neste ano", afirma a presidente da Unimed Recife.

O novo hospital já nasce totalmente digital. "A unidade III é totalmente digital, tem nível máximo no quesito prontuário eletrônico e pegamos essa experiência para levar à nova unidade", explica Antônio Cruz, vice-presidente da Unimed Recife. Além disso, outra facilidade é que as mães já vão poder sair do hospital com a certidão de nascimento, já que foi feita uma parceria com um cartório.

Investimentos
Com a inauguração, o atendimento de pediatria que era realizado na unidade na Avenida Agamenon Magalhães passará para o novo hospital. "Como vamos fazer uma reforma no pronto-atendimento de Olinda, o atendimento para este público vai passar para a Agamenon Magalhães no período. Vamos ampliar a unidade de lá, com investimento de R$ 600 mil, e a obra vai durar de janeiro até julho, quando os atendimentos voltam para a unidade", detalha Maria de Lourdes.

A Unimed Recife ainda investiu neste ano R$ 1,3 milhão em um laboratório próprio para atender a demanda interna, o LabUni. A unidade tem capacidade para realizar 300 mil análises por mês com mais de 750 tipos de exames oferecidos. "Antes a gente colhia o exame e levava para outro laboratório. Agora, com o nosso próprio, vai agilizar o atendimento e garantir mais segurança", esclarece a presidente.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.