Luxo Nannai em construção em Fernando de Noronha Investimento é em uma pousada-boutique, que tem como proposta elevar o padrão de hospitalidade da ilha. Inauguração será no verão de 2019

Por: André Clemente - Diario de Pernambuco

Publicado em: 27/10/2018 11:00 Atualizado em: 27/10/2018 11:17

Proposta é ter uma construção sustentável e levar serviço hoteleiro de alto padrão para o destino turístico. Foto: Nannai/Divulgação (Foto: Nannai/Divulgação)
Proposta é ter uma construção sustentável e levar serviço hoteleiro de alto padrão para o destino turístico. Foto: Nannai/Divulgação
Fernando de Noronha vai ganhar uma pousada-boutique da rede Nannai Resorts & SPA. Apesar de a ilha ser um destino atrativo por si só, o Nannai chega para somar ao serviço hoteleiro, pensando em elevar o padrão de hospitalidade e garantir o melhor serviço para os seus visitantes, no reconhecido padrão da unidade de Muro Alto, no entorno de Porto de Galinhas. O hóspede que escolher o Nannai Noronha terá acesso à praia da Conceição, com trilha para a beira-mar, point preferido pelos surfistas e moradores. O projeto é desenhado pelo escritório de Humberto Zirpoli e, além de recuperação da estrutura existente da antiga pousada Beijupirá, foi feita uma ampliação, nesse caso, 100% utilizando o modelo de construção a seco, prática sustentável adotada em construções no mundo realizada pela pernambucana Bonanza Steel Frame. A inauguração está prevista para o verão de 2019.

O ar de exclusividade vem das acomodações: são cinco tipos, entre bangalôs e apartamentos luxuosos (com os nomes de praias), perfeitos para casais e famílias. Para até quatro pessoas, há bangalôs com dois ambientes interligados, com cama super king e bicama, outros com day bed na varanda e mesa para refeições ao ar livre. Os quartos são equipados com frigobar, cofre, máquina de café expresso, TV e ar-condicionado. Uma categoria dos apartamentos é adaptada para atender pessoas com necessidades especiais (PNE). Conta com portas mais largas para a circulação de cadeiras de rodas, barras de segurança no banheiro e rampa de acesso.

Os terraços espaçosos foram projetados para contemplar a vista da Mata Atlântica, combinando a vida ao ar livre e a privacidade dos quartos. Dali, é possível apreciar a praia, a piscina, o jardim ou o Morro do Pico, ponto mais alto de Fernando de Noronha e cartão postal da ilha. Alguns dos apartamentos têm varanda, chuveiro ao ar livre e piscina privativa. Para contemplar a brisa do oceano, a área da piscina é cercada por gazebos, que conferem mais privacidade, e espreguiçadeiras em um espaço de muito verde. A piscina, por sinal, possui borda infinita para valorizar ainda mais a paisagem.

O projeto paisagístico é de Luiz Vieira, também responsável pela unidade de Muro Alto. Zirpoli e Vieira trabalharam em conjunto com a equipe do Nannai. Seguindo a linha sustentável, ao mesmo tempo com um design arrojado e vibrante, os quartos têm assinatura da decoradora Macira Farias, com elementos em madeira de demolição, criando um ambiente agradável em harmonia com a vegetação.

Construção a seco
A obra de ampliação da estrutura é 100% em Light Steel Frame (LSF), que inclui nove bangalôs, alguns apartamentos em piso superior à estrutura de alvenaria reformada, restaurante, piscina e spa. O LSF é caracterizado por ser um método construtivo industrializado e a seco, o que possibilitou o desperdício mínimo de materiais e sem o uso de água potável, fatores importantes à sustentabilidade ambiental. O LSF reúne inúmeros atributos e vem sendo adotado principalmente em termos de velocidade de construção, de redução de desperdícios, redução de manutenção pós-obra, além de aumento de vida útil da edificação. Alta performance estrutural, térmica e acústica tem sido um condicionante de conforto para os usuários. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.