DP NOS BAIRROS Imbiribeira e a tradição de vender carros De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores em Pernambuco, 27 empresas desse segmento estão no bairro, 22 apenas na Avenida Mascarenhas de Morais

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/09/2018 08:45 Atualizado em:

Foto: Camila Pifano/Esp. DP
Foto: Camila Pifano/Esp. DP
Outra forte característica do bairro é a existência de muitas concessionárias. De acordo com o braço pernambucano da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) em Pernambuco, 27 empresas desse segmento estão no bairro, 22 apenas na Avenida Mascarenhas de Morais. O presidente da instituição, Paulo Figueiredo, acredita que o grande número delas no local deve-se a uma série de fatores, incluindo a proximidade dos bairros populosos de Boa Viagem, Pina e Piedade, e de regiões centrais do Recife, como Afogados. “É uma localidade que atende toda a área litorânea. Desde o início, Boa Viagem, bairro mais próximo, sempre foi mais caro. Então, como na Imbiribeira havia terrenos pequenos e mais acessíveis, as concessionárias acabaram aportando por lá. Uma marca vai puxando a outra e, atualmente, acho que 90% delas estão na Imbiribeira”, afirma. No Nordeste, ele acredita que a Mascarenhas de Moraes assemelha-se, em quantidade de concessionárias, a apenas duas outras avenidas: a Paralela (Salvador) e a Santos Dumont (Fortaleza). 

Neste mercado em que grande quantidade também rima, muitas vezes, com instabilidade, alguns conseguem completar décadas de sobrevivência. É o caso da Meira Lins, cuja primeira loja foi aberta no bairro, em 1952, desde o início das operações da Volkswagen no Brasil. É a mais tradicional concessionária da marca do Grande Recife. Possui, ainda, mais duas lojas em Piedade (2006) e Boa Viagem (2007). Segundo Bruno Lima, superintendente da empresa, a escolha pela Imbiribeira ocorreu pela localização. “É um bairro estratégico, um dos principais corredores viários de Recife, elo de ligação entre vários outros da nossa cidade. Atualmente, a Mascarenhas de Moraes já é uma avenida tradicionalmente conhecida pelo comércio de veículos novos, seminovos e de peças e serviços automotivos”, afirma. 

Oferecendo estrutura de serviços com oficinas especializadas e comercialização de peças originais, veículos seminovos e no segmento corporativo, Bruno credita a longevidade da concessionária à confiança conquistada pelo consumidor. “Nosso trabalho é pautado na transparência, profissionalismo, atendimento e qualidade dos produtos e serviços, sempre colocando o cliente em primeiro lugar. Nosso desempenho é planejado por uma gestão eficiente e moderna, sempre atenta às tendências de consumo. Realizamos investimentos constantes em tecnologia, capacitação e valorização do nosso quadro de funcionários com uma política de meritocracia e remuneração arrojada e motivadora”, explica.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.