Economia Condomínios buscam redução de custos Techmetria %u2013 Medição Individualizada, empresa que realiza a individualização de água e gás nos condomínios, está com demanda em alta

Por: Rochelli Dantas - Diario de Pernambuco

Publicado em: 15/09/2018 12:00 Atualizado em:

Fagundes diz que este ano já aumentou em 40% quadro de funcionários. Foto: Divulgação/techmetria (Foto: Divulgação/techmetria)
Fagundes diz que este ano já aumentou em 40% quadro de funcionários. Foto: Divulgação/techmetria
A busca por redução de custos nos condomínios é a principal causa do aumento no número de clientes da Techmetria – Medição Individualizada, empresa que realiza a individualização de água e gás nos condomínios. Para dar conta da demanda, a empresa aumentou em 40% o número de funcionários este ano. Com a realização do serviço, cada apartamento passa a ter a sua conta de água e de gás, reduzindo o custo fixo do condomínio.

De acordo com o sócio da Techmetria, Roberto Fagundes, em alguns casos, a redução nos custos do prédio chega a 60%. “As pessoas não têm noção do gasto de um vazamento de água, por exemplo. Quando chega a conta é que dá para identificar o alto custo em questão. Além disso, as pessoas tendo as próprias contas tem um consumo mais consciente. O que percebemos é que nos últimos dois anos o produto está mais maduro e, com as pessoas desempregadas e endividadas, os síndicos estão nos procurando para individualizar o processo, reduzindo o custo do condomínio e, consequentemente, a inadimplência”, afirma.

A empresa oferece dois tipos de individualização: a analógica (cuja implantação custa, em média, R$ 260 por apartamento) e digital (que tem custo médio de R$ 520 por apartamento). “No modelo digital a leitura é realizada por meio de um sistema e os vazamentos são detectados automaticamente. No analógico a leitura é realizada em cada medidor”, explica.

O empresário explica que outro gasto que pode ser reduzido no condomínio está relacionado aos custos com energia, porém, neste caso, a solução é a implantação de um sistema de geração de energia solar. “E aí é um custo alto, que nem sempre é viável para o condomínio”, diz.

A empresa possui dez anos de funcionamento. Além dela, o grupo conta com outros dois negócios, o Condomínio Interativo e Techmais, ambos também voltado para condomínios.

Feira

Empresas que prestam serviços a condomínios estarão expondo os produtos até domingo no Shopping RioMar durante a 9ª Fesíndico – Feira de Condomínios do Nordeste. O encontro ocupa uma área de 1.900 metros quadrados e conta com 88 expositores. O foco principal está na eficiência na gestão do síndico. Também serão realizadas onze palestras gratuitas com profissionais renomados que atuam na área condominial.

“Além dos temas em debate nas palestras, a feita ainda traz outras tendências, das quais, muitas relacionadas à eficiência da segurança e otimização dos gastos com vistas a redução de desperdícios nos condomínios”, explica Inaldo Dantas, advogado e organizador da Feira. A entrada é gratuita.

Entre os segmentos que estão presentes no encontro estão individualização de água e gás, material de limpeza, poços, portaria virtual, administradora de condomínios, móveis, elevadores e laboratórios.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.