Obras Administração de Fernando de Noronha lança Chamamento Público para a reforma do Porto de Santo Antônio A área de atuação dos serviços contemplados nos projetos encontra-se atualmente em operação precária

Publicado em: 03/09/2018 13:56 Atualizado em: 03/09/2018 13:59

Imagem: Ascom/Noronha/Divulgação
Imagem: Ascom/Noronha/Divulgação

A Administração de Fernando de Noronha lançou no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (31), o Chamamento Público para a contratação de empresa de engenharia para fazer a reforma total do Porto de Santo Antônio. De acordo com a publicação, o edital estará disponível a partir de 4 de setembro. Os interessados terão até o dia 14 do mesmo mês para apresentar as propostas. O valor estimado da obra é de R$ 6.011.002,84.

A obra contempla a execução dos serviços de recuperação, requalificação e reforço do cais de atracação/comercial, terminal de passageiros e elementos de apoio (flutuante, rampa de passageiros e passarela de acesso) que compõe o Porto Santo Antônio. Para isso, foram desenvolvidos os projetos de arquitetura, estruturais e elétricos com objetivo de atender tecnicamente a segurança das instalações atuais do Porto.

A área de atuação dos serviços contemplados nos projetos encontra-se atualmente em operação precária. As intervenções visam a necessidade do melhoramento das estruturas físicas, de forma que não ocorra a paralisação das atividades totais do Porto, consequentemente o desabastecimento da ilha.

O prazo de execução da obra é de cinco meses, logo a partir da divulgação do vencedor do chamamento. Durante esse período serão feitas interdições e readequação do embarque e desembarque de passageiros e de embarcações que chegam com mantimentos para Noronha.

O Porto de Santo Antônio é a principal porta de entrada para o abastecimento do arquipélago. Muito movimentado também durante todos os dias da semana, por conta dos passeios turísticos de barco, especialmente no período das festividades de final de ano, onde o fluxo aumenta consideravelmente.

"Estamos fazendo o chamamento para a contratação direta novamente por conta da situação agravada com a ruptura de estruturas do cais, comprometendo as operações de carga/descarga dos navios, como o embarque/desembarque de passageiros e turistas executados no mesmo local. O início das obras está previsto para começar na segunda quinzena de setembro”, diz Jorge Araújo, Coordenador Geral da Administração de Fernando de Noronha.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.