Polêmica Segundo o MEC, pagamento de bolsas da Capes não será suspenso O Ministério da Educação divulgou nota nesta sexta-feira (3)

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 03/08/2018 19:36 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Reprodução/Twitter
No começo da noite desta sexta-feira (3), o Ministério da Educação afirmou, em nota, que " não haverá suspensão do pagamento das bolsas da Capes".

O comunicado foi divulgado logo após reunião entre os ministros Rossieli Soares, do MEC, e Esteves Colnago, do Planejamento, realizada na tarde de hoje. O MEC afirma que a reunião já estava marcada e não foi convocada devido a repercussão negativa a respeito do corte de cerca de 11% no orçamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A notícia provocou alta rejeição entre cientistas e pesquisadores após a circulação de um ofício do Conselho Superior da Capes, informando que, caso o valor estipulado atualmente na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que foi aprovada no Congresso, o dinheiro da Capes para o pagamento de bolsas de cerca de 200 mil pesquisadores, chegaria ao fim a partir de agosto de 2019.
 
**Com informações do G1 
 
Leia o comunicado na íntegra:

"O Ministério da Educação reafirma que não haverá suspensão do pagamento das bolsas da Capes. Em reunião na tarde desta sexta-feira (03), os ministros da Educação, Rossieli Soares, e do Planejamento, Esteves Colnago, discutiram medidas estruturantes para a área da educação em seus diferentes níveis, bem como o orçamento para o próximo ano.

As esquipes dos dois ministérios têm realizado frequentes reuniões para tratar do tema. A valorização da educação é uma das prioridades do governo federal que, em dois anos, adotou medidas importantes para o setor, como a Lei do Novo Ensino Médio e a homologação Da Base Nacional Comum Curricular da educação infantil e do ensino fundamental."


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.