Economia Mercosul e Colômbia assinam acordo de serviços em encontro no México No ano passado, a corrente de comércio de bens entre o Brasil e os países da Aliança do Pacífico aumentou 21,4%

Por: Agência Brasil

Publicado em: 24/07/2018 08:05 Atualizado em:

O protocolo possibilita ampliar as trocas comerciais de serviços entre os países do Mercosu. Foto: Reprodução/Flickr
O protocolo possibilita ampliar as trocas comerciais de serviços entre os países do Mercosu. Foto: Reprodução/Flickr
O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil, Marcos Jorge de Lima, assinou nesta segunda-feira (23), junto com representantes dos demais membros do Mercosul, um protocolo sobre comércio de serviços entre o bloco econômico e a Colômbia. A cerimônia aconteceu na cidade de Puerto Vallarta, onde será realizada nesta terça-feira (24) a primeira cúpula entre os países da Aliança do Pacífico e do Mercosul.

O protocolo possibilita ampliar as trocas comerciais de serviços entre os países do Mercosul, incluindo o Brasil, e a Colômbia. O ministro Marcos Jorge diz que o acordo pode ter impacto em outros setores, como indústria e comércio: “Nossa preocupação é termos maior segurança jurídica para que o empresariado possa investir em outros setores que dependem de serviços”.

Também estavam na cerimônia de assinatura do acordo, os presidentes do Brasil, Michel Temer; do Uruguai, Tabaré Vázquez, que ocupa a presidência pro tempore do Mercoul; e da Colômbia, Juan Manuel Santos.

No ano passado, a corrente de comércio de bens entre o Brasil e os países da Aliança do Pacífico aumentou 21,4% em relação a 2016, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O total foi de US$ 25 bilhões. O objetivo da reunião é aumentar as trocas comerciais e os fluxos de investimentos entre os países dos blocos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.