IPC-S desacelera nas 7 capitais analisadas pela FGV na 2ª quadrissemana de julho Na média global, o IPC-S perdeu intensidade, passando de uma alta de 1,01% para elevação de 0,67% entre os dois períodos.

Publicado em: 17/07/2018 10:04 Atualizado em:

Em Recife, o decréscimos foi de 0,93% para 0,56%. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Em Recife, o decréscimos foi de 0,93% para 0,56%. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), desacelerou em todas as sete capitais pesquisadas na passagem da primeira quadrissemana de julho para a segunda quadrissemana do mês, divulgou na manhã desta terça-feira(17) a instituição. Na média global, o IPC-S perdeu intensidade, passando de uma alta de 1,01% para elevação de 0,67% entre os dois períodos.

Por região, os decréscimos foram os seguintes, segundo a FGV: Salvador passou de 1,12% para 0,83%; Brasília, de 1,07% para 0 63%; Belo Horizonte, de 1,34% para 0,97%; Recife, de 0,93% para 0,56%; Porto Alegre, de 0,94% para 0,65%; Rio de Janeiro, de 1 01% para 0,68% e São Paulo passou de 0,91% para 0,55%.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.