DP Empresas Projeto beneficia produção de ovos em São Bento do Una A iniciativa orçada em R$ 166 mil vai garantir a produtores de São Bento do Una capacitações para melhorar os processos

Por: Luciana Morosini

Publicado em: 08/07/2018 14:00 Atualizado em: 05/07/2018 19:19

Produção de ovos no município em 2016 equivale a 26,7% do total produzido no estado. Foto: 	Peu Ricardo/DP
Produção de ovos no município em 2016 equivale a 26,7% do total produzido no estado. Foto: Peu Ricardo/DP

Vinte avicultores do município de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, serão beneficiados com um projeto da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), em parceria com o Sebrae. Com investimento de R$ 166 mil, os produtores vão receber formação e instrução com objetivo de fortalecer a cadeia produtiva e de valor da avicultura, entregando ovos que sigam a normas vigentes para a comercialização e agregando uma maior lucratividade. A iniciativa foi lançada nesta semana em São Bento do Una, cidade que considerada a maior produtora de aves e ovos do Norte e Nordeste em 2017, e vai durar até o final do ano.

A região foi eleita para receber o projeto por já existir uma demanda lá e a perspectiva é reduzir os gargalos existente com a intervenção da iniciativa. "O Sebrae ouviu os produtores e fez um diagnóstico preliminar e daí foi elaborado o projeto voltado para eles, com as demandas deles. Além do curso de capacitação, a proposta envolve toda a parte técnica de consultoria e gestão e a parte orçamentária", afirma Álvaro França, gerente de Arranjos Produtivos Locais da AD Diper. Ele explica que a ideia é que, ao final, os avicultores estejam mais organizados nos pontos de vista técnicos de gestão. "Também esperamos que eles consigam formalizar uma cooperativa, causando uma melhoria significativa nos processos de produção e comercialização, conseguindo alcançar um preço melhor de venda", acrescenta. Se o propósito de abrir a Cooperativa dos Avicultores de Postura de São Bento do Una for alcançada, ele acredita que os avicultores ficarão mais fortalecidos para a venda do produto e a compra dos insumos, agregando valor ao produto.

As ações propostas prometem impulsionar as vendas do ovo com as devidas adequações, atendendo às exigências legais para comercialização no mercado local, regional e nacional. "Essa parceria da AD Diper com o Sebrae traz várias coisas bem interessantes porque estamos trabalhando em conjunto nos arranjos produtivos locais. E essa cadeia do ovo é muito atrativa para Pernambuco, já que somos um dos estados que mais produz no Nordeste e a nossa produção é basicamente concentrada no município de São Bento do Una. Por isso decidimos fazer esse projeto lá, para fortalecer a cadeia produtiva", detalha Álvaro França. Do orçamento total, a AD Diper vai investir R$ 49,9 mil, enquanto o Sebrae vai desembolsar o valor restante.

O projeto foi lançado nesta quinta-feira e já passou a vigorar, com previsão de conclusão no final do ano. "Os avicultores beneficiados já vão participar da primeira missão. Eles irão para a Festa do Ovo de Bastos, uma cidade de São Paulo, na próxima semana. Eles já vão começar os estudos", aponta o gerente da AD Diper.

NÚMEROS
O município de São Bento do Una produziu, em 2016, 57.326 mil dúzias de ovos, somando 687.912.000 unidades. O número equivale a 26,7% da produção de ovos de galinha de Pernambuco, 9,2% da produção do Nordeste e 1,5% da produção brasileira.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.