DP Empresas Sistema melhora gestão de empresas do mundo corporativo Pioneira na parceria com o Google, a Ensinar Tecnologia Educacional lançou recentemente área com atuação exclusiva para desenvolvimento das empresas

Por: Rochelli Dantas - Diario de Pernambuco

Publicado em: 07/07/2018 14:00 Atualizado em: 07/07/2018 11:24

Salas de aula da Microsoft foram montadas pela empresa em escolas do estado. Foto: Roberta Patu/Divulgação
Salas de aula da Microsoft foram montadas pela empresa em escolas do estado. Foto: Roberta Patu/Divulgação

Depois de mais dez anos focando exclusivamente no ramo educacional, a Ensinar Tecnologia está migrando para o mundo corporativo. A proposta é implantar nas empresas sistemas que possam melhorar o funcionamento da gestão via ferramentas do Google. Inicialmente, o foco está em escritórios de advocacia, mas a plataforma pode ser implantada em outros tipos de negócios. A expectativa é de que, em um ano, o número de clientes corporativos supere o educacional, que hoje é o carro-chefe da empresa.

"Percebemos que as empresas não usavam o modelo colaborativo, que é a proposta do Google. Muitos empresários ficam surpresos com a forma de utilização das ferramentas. Já que temos a parceria com o Google, podemos criar o modelo colaborativo e oferecer os treinamentos necessários. Começamos a trabalhar essa proposta há pelo menos um mês e já tem mais de dez clientes", conta o CEO da empresa, Cláudio de Castro.

Inicialmente, o produto está sendo oferecido aos escritórios de advocacia. "São ferramentas que podem auxiliar na digitalização e concepção de peças como também, por exemplo, na busca de casos similares no Brasil para encontrar uma jurisprudência. Uma equipe tem trabalhado com técnicos e diretamente com os escritórios para dimensionar a melhor forma do uso da tecnologia. Queremos ajudar em todos os campos corporativos. A Inteligência Artificial não tem uma receita pronta. Cada máquina é criada de acordo com a necessidade e demanda de cada empresa", ressaltou Castro.

Claudio Castro diz que empresas não usam o modelo colaborativo, que é a proposta do Google. Foto: Luciano Santos/Divulgação.
Claudio Castro diz que empresas não usam o modelo colaborativo, que é a proposta do Google. Foto: Luciano Santos/Divulgação.

Educação
A empresa iniciou suas atividades em 2007 quando identificou a necessidade de mudar o formato conservador do ensino dentro da sala de aula e percebeu o avanço da tecnologia, que chega primeiro ao aluno e depois à escola. "O objetivo era fazer com que o aluno aprendesse as disciplinas sem ter que decorar textos, sendo realmente inserido na aula de forma prazerosa". Após várias pesquisas em feiras nacionais e internacionais de tecnologia educacional, identificou os softwares em 3D, que têm como base principal aperfeiçoar a explicação de um assunto de difícil assimilação, promovendo um ambiente de aprendizado eficiente e divertido.

No ano passado, a Ensinar Tecnologia registrou um crescimento superior a 300% no ramo educacional. "Nesta área, o tempo de maturação é mais lento. As ferramentas precisam ser implantadas e acompanhadas. Acreditamos que conseguimos atingir o nosso objetivo no ramo", pontua Castro. Hoje, a carta de clientes da Ensinar Tecnologia é diversa. Entre os clientes, estão Colégio Boa Viagem, Colégio Santa Maria, Facottur, Universidade Estadual do Ceará, Colégio Fazer Crescer, Colégio Equipe, Grupo Motivo, Bronwe Advogados, Trigueiro Fontes Advogados e Grupo Engefrio, Secretaria Estadual de São Paulo e Secretaria Estadual de Pernambuco.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.