Inovação Diario nos bairros chega à Zona Sul Depois da estreia por alguns bairros da Zona Norte, novo produto do Diario enfocará, em uma edição especial hoje, o cotidiano de Boa Viagem

Por: Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/05/2018 09:57 Atualizado em:

De volta às ruas de forma impactante, aliando um conteúdo atual e exclusivo com a tradição do jornal mais antigo em circulação da América Latina, o Diario de Pernambuco traz, hoje, a segunda edição do Diario nos bairros, trabalhado especialmente para estabelecer um novo relacionamento com o leitor. Com notícias hiperlocais, o jornal apresentará 14 matérias exclusivas, desta vez sobre o bairro de Boa Viagem, o mais conhecido da Zona Sul do Recife. O projeto é idealizado para provocar um choque de circulação e chegar às mãos do morador do bairro – com 30 mil exemplares disponibilizados somente nessa localidade, nos principais corredores de tráfego e escolas. A edição impressa quer resgatar o hábito da leitura no papel e manter uma atenção especial com os anunciantes da região, oferecendo preços diferenciados. 

O conteúdo visa fortalecer a relação de proximidade e afetividade com o leitor do periódico, que faz história em Pernambuco há 192 anos e continua atuando com pioneirismo. O material também não deixa de priorizar o anunciante daquela área, oferecendo uma publicidade segmentada. No dia 20 de abril, o Diario nos bairros estreou circulando entre 15 mil pessoas da Zona Norte do Recife, em bairros como Aflitos, Parnamirim, Jaqueira e Casa Forte. Foi o maior choque de circulação dos últimos 20 anos do Diario na região, segundo o vice-presidente de Marketing, Pierre Lucena. O efeito agora será duplicado. 

Nos dias definidos para os choques de circulação, o jornal continuará sendo divulgado em todo o estado, com outras notícias gerais, porém com um olhar direcionado para o bairro escolhido, no caso de hoje, Boa Viagem. Ele é pensado não só para informar os moradores de determinada região, mostrando as curiosidades e cultura daquela área, como para todos os leitores do estado, considerando que ninguém é uma ilha. Quem não mora em Boa Viagem, por exemplo, ficará mais informado sobre o bairro e pode elaborar algumas programações diferenciadas para visitá-lo. É um jornal para folhear, ler hoje, no calor da notícia, ou no fim de semana.  

Segundo Pierre Lucena, o conceito do novo produto é “aproximar o Diario das pessoas, fazer com que as pessoas se enxerguem nele”. O tamanho do impacto em Boa Viagem, de acordo com Pierre, será semelhante ao da internet, com notícias e anúncios segmentados e acessíveis, bem à disposição dos clientes. No próximo dia 25 de maio, o Diario nos bairros trará conteúdo exclusivo sobre a região da Torre, Madalena e Caxangá, Zona Oeste do Recife. “A gente está fazendo um produto melhor e diferenciado em relação a qualquer jornal do Brasil. A nossa internet é muito forte, mas o Diario é outro produto. Com o projeto Diario nos bairros, também daremos notícias que não saíram na internet, notícias hiperlocais, voltadas para as pessoas da comunidade”, comenta.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.