• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Câmbio Fluxo de dólares para o Brasil em janeiro foi 2º maior da história para o mês Apenas em janeiro de 2011, o fluxo cambial foi maior, de US$ 15,513 bilhões

Por: Agência Estado

Publicado em: 07/02/2018 14:58 Atualizado em: 07/02/2018 15:07

Em janeiro, o Brasil recebeu pela via comercial US$ 2,535 bilhões líquidos. Foto: Arquivo/Agência Brasil
Em janeiro, o Brasil recebeu pela via comercial US$ 2,535 bilhões líquidos. Foto: Arquivo/Agência Brasil

A entrada líquida de US$ 8,063 bilhões no Brasil em janeiro deste ano, informada na tarde desta quarta-feira, 7, pelo Banco Central, representa o segundo maior fluxo para o mês na série histórica da instituição, iniciada em 1982. Apenas em janeiro de 2011, o fluxo cambial foi maior, de US$ 15,513 bilhões. 

Naquela época, o País era um dos principais destinos dos dólares em abundância no mercado global, com economias centrais injetando recursos no sistema na esteira da crise financeira de 2008. 

Agora, o forte resultado de janeiro, puxado pela entrada líquida de US$ 5,527 bilhões pela via financeira, pode ser apenas um ponto fora da curva, conforme avaliação do economista Bruno Lavieri, da 4E Consultoria. "Essa forte entrada financeira que vimos em janeiro pode estar associada a alguma contratação feita ao longo de 2017. E neste começo de ano, teria havido apenas a internalização dos recursos", pontuou Lavieri. "Provavelmente, é apenas um evento pontual, dado que nos últimos meses este fluxo financeiro tem sido predominantemente negativo."

Lavieri avalia ainda que as indefinições em torno da campanha eleitoral em 2018 tendem a prejudicar o fluxo financeiro para o Brasil. Por outro lado, a expectativa é de que a entrada de recursos pela via comercial - que reflete as exportações menos as importações - mantenha-se forte este ano. Em janeiro, o Brasil recebeu pela via comercial US$ 2,535 bilhões líquidos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.