• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
avaliação e rebaixamento ADRs de empresas brasileiras caem em NY após rebaixamento do rating do País De acordo com a S&P Global, o atraso em reformas fiscais e a incerteza política são principais fraquezas da nota do Brasil. O rating do País foi rebaixado de BB para BB-, com perspectiva estável.

Por: AE

Publicado em: 11/01/2018 21:19 Atualizado em:

Os American Depositary Receipt (ADRs) de empresas brasileiras negociados nas Bolsas de Nova York recuaram após no after-hours após o rebaixamento do rating soberano do País pela agência de classificação de risco S&P Global.

Os ADRs da Ambev fecharam em baixa de 1,00%, os do Bradesco (preferencial) caíram 0,92%, os da Embraer cederam 0,66%, os da Vale baixaram 0,30% e os da Petrobras tiveram desvalorização de 0,18%.




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.