• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
IR Receita abre consulta ao último lote da restituição do Imposto de Renda 2017 A restituição fica disponível no banco durante um ano. O novo lote contempla 1.897.961 contribuintes

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 07/12/2017 20:15 Atualizado em:

A restituição será realizada em 15 de dezembro e totaliza mais de R$ 3,1 milhões. Foto: Marcos Santos/USP Imagens
A restituição será realizada em 15 de dezembro e totaliza mais de R$ 3,1 milhões. Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A consulta ao sétimo lote da restituição do imposto de renda estará disponível a partir das 9h desta sexta-feira (8). Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal ou ligar para o Receitafone (146). A restituição será realizada em 15 de dezembro e totaliza mais de R$ 3,1 milhões. O novo lote contempla 1.897.961 contribuintes.

Na consulta online, pelo e-CAC, é possível conferir o extrato da declaração e checar inconsistências de dados. Caso encontre alguma, pode fazer a autorregulação com a entrega de declaração retificadora. O aplicativo da Receita Federal também pode ser usado para consultar as declarações do IRPF e a situação cadastral do CPF. 
 
A restituição fica disponível no banco durante um ano. Se o resgate não for feito dentro desse prazo, o contribuinte deve fazer a requisição pelo Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF, no site da Receita Federal.

Se a restituição não for creditada, o contribuinte pode comparecer à qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos). Nesse caso, é possível agendar o crédito em conta-corrente ou poupança em qualquer banco. Até o momento, 747 mil declarações de imposto de renda ainda estão retidas na malha, número que corresponde a 2,46% do total das declarações apresentadas em 2017.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.