• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Tecnologia Porto Digital sedia encontro nacional de profissionais com deficiência Evento terá palestras e oficinas voltadas para pessoas com deficiência e também tem como objetivo conscientizar empresas a promoverem

Publicado em: 12/09/2017 17:13 Atualizado em:

O Porto Digital vai receber, nos próximos dias 15 e 16 (sexta e sábado) um encontro que tem como objetivo reunir pessoas com deficiência (PCDs) interessadas em aprimorar sua atuação ou integrar o mercado de trabalho de tecnologia. Trata-se do Encontro Nacional de Profissionais de TI com Deficiência Visual (ENTIDV). Apesar do nome do evento, que é gratuito, a proposta é que o encontro seja um momento de interação entre as empresas de tecnologia  e PCDs de forma mais ampla.  

No primeiro dia do encontro a programação tem como foco a gestão e os recursos humanos das empresas, com palestras e mesas redondas que tratam de temas como o processo de seleção inclusivo, a integração de PCDs nas empresas, além de relatos e experiências propositivas. A palestra de abertura, "Qualificar para Incluir", será ministrada por Virgínia Chalegre, da t-access, empresa promotora do ENTIDV junto com a Superactive e a AnnuitWalk.

“Temos um objetivo amplo com esse encontro: esperamos gerar a consciência nas empresas de que, a partir de um processo de seleção inclusivo, é possível contratar profissionais qualificados para trabalhar em qualquer função”, explica Chalegre. A Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), a HumanizaRH e empresas que possuem políticas e práticas bem definidas, como a Superactive, AnnuitWalk e a ThoghtWorks, também participarão do evento.

A programação do segundo dia vai promover o encontro de pessoas com deficiência, sejam elas já absorvidas no mercado de trabalho ou interessadas em novas tecnologias, como Inteligência Artificial e Arduino. As palestras e oficinas terão foco nas práticas tecnológicas acessíveis e serão ministradas por pessoas com deficiência como Manuela Torreão, que é surda e palestrará sobre como conciliar o desenvolvimento e o teste de softwares.

“Quero dividir minha experiência no desenvolvimento e teste e também falar sobre como trabalhar com a pessoa surda, pois, apesar das tecnologias que facilitam a interação, é comum que as metodologias recaiam no erro comum de se voltarem para o pensamento visual e não o verbal”, comenta a palestrante. Para mais informações e inscrições, consultar o site oficial do evento  - www.entidv.com.br.

Capacitação - A parceria da t-access com o Porto Digital foi iniciada em 2015 e se estendeu até 2016, período em que foram ministrados quatro cursos de testes de softwares para pessoas com deficiência visual auditiva (duas turmas) e intelectual. Ao todo, 84 pessoas foram capacitadas em testes de softwares e muitas delas, a partir de então, foram absorvidas por empresas de diversas áreas. “Ações desse tipo fazem muita diferença. Esperamos que trazer o ENTIDV para o Recife também gere muitos resultados e que o ecossistema produtivo de TI perceba a importância dessas ações inclusivas”, comenta Chalegre.

 

Informações da assessoria de imprensa do Porto Digital



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.