• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Emprego Refinaria de Abreu e Lima retoma obras em uma das unidades Expectativa é de que novas contratações tenham início em breve

Por: Rochelli Dantas - Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/03/2017 09:05 Atualizado em:

A esperança de conseguir uma oportunidade de trabalho levou cerca de mil pessoas, ontem, ao centro do Cabo de Santo Agostinho para entregar currículos na sede da Qualimar. A empresa será responsável pela retomada das obras do primeiro trem de refino da Refinaria Abreu e Lima (Rnest). Eles eram, em sua maioria, homens em busca de oportunidade de recolocação no mercado de trabalho.

Após três anos de espera, a Petrobras retomará o canteiro de obras da Unidade de Abatimento de Emissões (SNOX) da Abreu e Lima. A estatal assinou na última segunda-feira a ordem de serviço para reinício das obras, paradas desde 2014. O contrato para o fornecimento de bens e a prestação de serviços foi assinado no último dia 16 de março, com a Qualiman Engenharia e Montagens. Nem a empresa, nem a Petrobras informam quantos funcionários serão contratados para realização do serviço porém a expectativa é de que as contratações tenham início em breve.

Ontem, diretores da Qualiman tiveram uma reunião com representantes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e obras de Terraplenagem em Geral de Pernambuco (Sintepav/PE). “Não nos foi passada uma previsão de início das contratações. O que nos informaram é que fariam um levantamento das funções demandadas para que pudéssemos encaminhar os currículos que temos em nosso banco de dados”, afirmou o diretor do Sindicato, Leodelson Bastos.

Segundo Bastos, a informação é de que, inicialmente, serão contratados funcionários das áreas de manutenção e limpeza. “A obra ficou muito tempo parada por isso é preciso, antes de tudo, organizar e, em seguida, dar início as contratações de montagem e construção em si”, contou. O banco de currículos do sindicato possui mais de 1600 cadastrados.

A SNOX é uma unidade dedicada ao tratamento dos gases resultantes do processo de produção de combustíveis com baixo teor de poluentes, tais como o Diesel S-10. A conclusão da obra está prevista para junho de 2018, o que permitirá a operação total do primeiro conjunto de refino (conhecido como primeiro trem), em operação parcial desde novembro de 2014. Atualmente o trem 1 possui carga autorizada de processamento de 100 mil barris dia, quando a capacidade é de 130 mil barris por dia.

Atualmente, a Rnest produz, prioritariamente, Diesel S-10, sendo responsável por cerca de 30% da produção nacional deste derivado, além de gás liquefeito de petróleo (GLP), nafta petroquímica, óleo combustível e coque. Com a entrada em operação da Snox, a Abreu e Lima passará a produzir ácido sulfúrico e enxofre.

Já a conclusão do segundo trem de refino continua sem previsão. Na divulgação do Plano Estratégico 2017 - 2021, a Petrobras informou que busca um parceiro para concluir o projeto. Com isso, o mercado já fala em uma conclusão apenas em 2021, bem distante da previsão inicial estimada em 2015.
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.