• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Abastecimento » Refinaria irá receber um milhão de barris de petróleo até novembro

André Clemente - Diario de Pernambuco

Rochelli Dantas - Diario de Pernambuco

Publicação: 05/09/2014 14:34 Atualização: 05/09/2014 14:46

Crédito: Bernardo Dantas/DP/DA Press
Crédito: Bernardo Dantas/DP/DA Press
No total, a Refinaria Abreu e Lima (Rnest) irá receber, até o dia 4 de novembro, data oficial para início da primeira parte da operação, cerca de um milhão de barris para preencher parte da capacidade de estocagem do empreendimento. Isso já representa a quantidade mínima de óleo para refinar. A capacidade total de estocagem da Rnest é de 5,6 milhões de barris.

"Hoje (sexta), começamos de fato o grande primeiro passo pra operar a Refinaria do Nordeste", destacou o gerente geral da Rnest, Valdison Moreira. Segundo ele, o total de petróleo esperado até novembro será predominantemente do Nordeste. "O que veio hoje é do Rio grande do Norte, mas usaremos de outras bacias também. O Sergipe é uma outra fonte, por exemplo", destacou.

Para o sucesso da operação, alguns ajustes foram realizados ao longo da semana. A Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), por exemplo, deu início ao fornecimento de gás do projeto. O abastecimento será gradual. Inicialmente, serão ofertados 300 mil metros cúbicos por dia. Quando o empreendimento estiver funcionando a todo vapor, serão 1,9 milhão de metros cúbicos diários.

A construção do empreendimento teve início em 2005. Quando anunciado, o projeto previa uma parceria entre a Petrobras e PDVSA, estatal venezuelana. O que se esperava era que 40% dos custos fossem arcados pelo país vizinho. Porém, o acordo não foi levado adiante e a petrolífera brasileira incorporou o projeto e arcou com os custos do projeto, que passaram por diversos reajustes ao longo dos anos. Inicialmente, o montante era estimado em US$ 2,3 bilhões. No último balanço divulgado pelo governo federal, o valor subiu para US$ 17,3 bilhões.

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.