• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Atraso » Mais um prazo estourado e Transposição sem previsão de água

André Clemente - Diario de Pernambuco

Publicação: 02/09/2014 16:47 Atualização: 02/09/2014 17:30

Última visita da comitiva do ministério da integração aos canteiros foi em meados de agosto. Foto: Ministério da Integração Nacional/Divulgação
Última visita da comitiva do ministério da integração aos canteiros foi em meados de agosto. Foto: Ministério da Integração Nacional/Divulgação
O ministério da Integração Nacional "mata" mais um prazo dado pelo balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, e não entregou o projeto piloto de 16 quilômetros de projeto, previstos para "até agosto de 2014". A água não entra nos canais e o ministério não informa sequer qual o novo prazo para entrega nem o motivo que justifique o novo atraso. O prazo inicial para a entrega desta etapa, batizada de Meta 1L, já foi dezembro de 2012, reprogramado para junho de 2013 e replanejado para abril e depois para agosto de 2014.

O fato de não ter iniciado as atividades provocou outro desdobramento. É que venceu, mais uma vez, a outorga dada pela Agência Nacional das Águas (ANA) para direito de uso da água do Rio São Francisco. A licença é obrigatória para viabilizar o início da operação do projeto e tinha validade para agosto deste ano. Sem início, a outorga foi novamente renovada para setembro de 2016. Já é o terceiro novo prazo estipulado para uso da água e a obra não inaugura. O primeiro foi dado em 2005 com validade para 2011. A Transposição vai utilizar um volume de 26,4 metros cúbicos por segundo.

O Projeto de Integração do Rio São Francisco é uma bandeira do governo federal para levar segurança hídrica para 12 milhões de pessoas do semiárido nordestino, que assistiram um série de paralisações da obra enquanto atravessavam a maior seca de todos os tempos. A Transposição tem orçamento de R$ 8,2 bilhões e, segundo o ministério da integração nacional, deve chegar a 70% de conclusão até dezembro deste ano. Apesar dos atropelos, o prazo de entrega total da obra ainda é dezembro de 2015.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.