• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Números » Balança comercial tem pior superávit para agosto em 13 anos

Agência Estado

Publicação: 01/09/2014 16:26 Atualização:

O superávit comercial de agosto, embora tenha vindo acima das expectativas do mercado - que iam de um resultado negativo de US$ 100 milhões a um superávit de US$ 1,000 bilhão -, representa o menor valor para o mês desde 2001. Segundo os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o saldo da balança no mês passado foi de US$ 1,168 bilhão. Em agosto de 2001, havia sido de US$ 634,24 milhões. O superávit de agosto deste ano, no entanto, foi levemente abaixo do superávit de agosto de 2013, de US$ 1,222 bilhão.

Combustíveis e lubrificantes

As importações de combustíveis e lubrificantes tiveram alta de 30,6% em agosto. Por outro lado, as compras do Brasil no exterior de bens de consumo caíram 8,2%. As importações de bens de capital tiveram queda de 7,3%, e as de matérias-primas e intermediários registraram retração de 1,1% em relação a agosto de 2013.

De acordo com ministério, o aumento das importações de combustíveis e lubrificantes é explicado pela alta dos preços e das quantidades embarcadas de petróleo, gás natural, naftas e gasolina.

No segmento de bens de capital, caíram as compras de equipamento móvel de transporte, maquinaria industrial, máquinas e aparelhos de escritório e serviço científico. As importações em agosto do Mercosul tiveram queda de 7%, sendo que as da Argentina tiveram retração de 11,8%. As compras brasileiras de produtos asiáticos caíram 4,1% no mês passado. Também tiveram queda de 1% as importações da União Europeia. As compras dos Estados Unidos sofreram uma redução de 11,6% em relação a agosto de 2013.

Minério de ferro

O volume de minério de ferro exportado pelo Brasil atingiu 28 261 milhões de toneladas em agosto, queda de 9,3% na relação anual, de acordo o Mdic. Ante o mês imediatamente anterior, o recuo foi de 9,4%. Já o preço médio praticado, ainda segundo dados do Mdic, ficou em US$ 67,5 a tonelada, recuo de 20,3% em relação ao visto em agosto de 2013. Em relação ao visto em julho a queda é de 3,7%.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.