• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Eletricidade » Estatal francesa anuncia atraso de nove anos em reator nuclear de nova generação

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 01/09/2014 15:14 Atualização:

O grupo estatal francês Areva anunciou nesta segunda-feira que o reator nuclear de nova geração que está construindo para una companhia elétrica na Finlândia não entrará em operação até 2018, nove anos mais tarde do que o previsto.

O projeto, que também conta com a participação da alemã Siemens, tem apresentado dificuldades desde o início da construção, em 2005, na cidade finlandesa de Olkiluoto.

Segundo o novo calendário, o final da construção do reator chamado OL3 está previsto para meados de 2016, o que significa que o funcionamento não poderá ter início antes de 2018, conforme indicou o comunicado da Areva.

Os reatores do tipo EPR (Reator Pressurizado Europeu, na sigla em inglês)têm melhores potência, rendimento e segurança em comparação aos atuais e são a principal aposta na industria nuclear francesa.

Outros três EPR, um na França e dois na China, estão também em fase de construção.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.