• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Expectativa » Guido Mantega vê perspectiva positiva para PIB no 3º trimestre

Agência Estado

Publicação: 29/08/2014 16:26 Atualização:

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta sexta-feira (29) que há uma perspectiva positiva para o crescimento do País a partir do terceiro trimestre em função de vários fatores, entre eles o avanço da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), com destaque para os investimentos relativos a empreendimentos imobiliários. "Vão entrar vários investimentos em construção que vão puxar o PIB para cima", comentou.

"Além disso, o crédito vai aumentar porque foi liberado o compulsório (pelo Banco Central)", destacou o ministro. "A inadimplência está bem comportada e as famílias estão menos endividadas", disse, ressaltando que há um cenário bem mais favorável ao aumento do consumo no curto prazo.

Mantega destacou que "nunca tivemos" concessões de financiamentos tão escassas como no primeiro semestre deste ano. "As vendas de automóveis e bens duráveis vão aumentar", disse. "A política monetária do BC foi muito rígida, mas agora vai voltar a ter mais crédito", acrescentou.

Grau de investimento
Mantega diz não acreditar que "haverá revisão do grau de investimento" do Brasil em 2015. O Broadcast, serviço de notícia em tempo real da Agência Estado, perguntou ao ministro se não aumentou o risco de o País perder esta avaliação das principais agências internacionais de rating, sobretudo devido ao crescimento muito baixo do PIB e resultados desfavoráveis do superávit primário.

"Está difícil, mas vamos fazer todo o esforço para cumprir a meta do primário neste ano. Estamos mantendo uma política para entregar o primário", comentou Mantega. Segundo ele, o ano de 2014 apresenta obstáculos para atingir esse objetivo, especialmente com um ritmo menor da arrecadação. "Mesmo com o primário um pouco menor agora (em julho), faremos um dos maiores do mundo", destacou. O ministro ressaltou que, apesar dessas condições, a dívida líquida apresenta estabilidade, perto de 34% do PIB. "Para 2015, temos condições de fazer um primário maior do que em 2014", disse Mantega.

Inflação
O ministro disse também que a inflação está baixa e que resultados favoráveis continuarão acontecendo. "A inflação está baixa e vamos continuar tendo resultados positivos", disse durante entrevista coletiva em que comentou a queda de 0,6% do PIB no segundo trimestre.

De acordo com o ministro, o crédito começou a melhorar em função do controle da inflação. Para ele, a liberação do compulsório deve ajudar na recuperação da economia.

Os salários, de acordo com o ministro, continuam crescendo. "Temos condições de aumentar o consumo no segundo semestre. Isso vai melhorar gradualmente por causa do crédito", disse Mantega, acrescentando que a economia já está crescendo no terceiro trimestre. "Os indicadores são poucos, mas já começamos o terceiro trimestre com dados positivos", disse Mantega, citando a emissão de papelão e tráfego de veículos pesados nas estradas.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.