• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Homenagens » CNI e Alckmin descatam modelo de industrial e cidadão de Antônio Ermírio de Moraes

Agência Estado

Publicação: 25/08/2014 13:37 Atualização: 25/08/2014 17:37

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) emitiu nota de pesar lamentando o falecimento do empresário Antônio Ermírio de Moraes citado como "um modelo de industrial e de cidadão por suas ações em favor do desenvolvimento e da redemocratização do País".

O texto, assinado pelo presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, menciona também Antônio Ermírio era um "obstinado na conquista de seus objetivos" e que "nos lega um importante exemplo com sua vida de empreendedor e de defensor da ética nas relações humanas. Deixa, também, um admirável trabalho em favor da educação e da saúde dos brasileiros mais pobres, por meio de obras sociais a que se dedicou pessoalmente".

Para a CNI, o Brasil precisa de mais cidadãos e empresários como Antônio Ermírio. "Neste momento de pesar, nossos pensamentos se voltam para a família e os amigos de Antônio Ermírio de Moraes", cita a nota da confederação.

Alckmin
    
O governador de São Paulo e candidato à reeleição pelo PSDB, Geraldo Alckmin, esteve nesta segunda-feira (25) no velório de Antônio Ermírio de Moraes, e lamentou a morte do empresário. "Foi uma grande perda. Ele era um dos grandes brasileiros, apaixonado pelo Brasil, inconformado com o potencial do Brasil", disse Alckmin, ao deixar o local.

O governador ressaltou o seu espírito empreendedor, apontando que Ermírio levou seu grupo empresarial, o Votorantim, para o mundo todo. Alckmin também falou da ajuda do empresário na área social e sua presença no hospital Beneficência Portuguesa. "Ele dedicou sua vida a este hospital. Também se dedicou à cultura e à vida pública, colocando seu nome à disposição para servir ao Estado de São Paulo", afirmou.

Em nota divulgada mais cedo, o governador destacou que o empresário "encarnava o que há de melhor no povo brasileiro". "Apaixonado pelo País, era um homem empreendedor e de coração generoso. Um verdadeiro orgulho para São Paulo e para o Brasil", destacou Alckmin.

O governador lembrou ainda as inúmeras vezes que esteve com Antonio Ermírio e disse que pode testemunhar "seu grande espírito público, sua honradez, sua capacidade de trabalho". "A trajetória de Antônio Ermírio é um exemplo para todos nós. Nossos sentimentos à família, aos amigos e a todos que o admiravam", escreveu.

Setubal

O banqueiro Roberto Setubal também lamentou a morte do empresário. Setúbal disse que Antônio Ermírio foi um exemplo para os empresários brasileiros. "Um homem que sempre lutou muito pelo Brasil, que investiu no Brasil, e sempre foi um exemplo muito grande para os empresários brasileiros", afirmou.

Setubal disse ainda que Antônio Ermírio fará falta e destacou o colega pela sua ética e espírito de liderança. "Ele foi um exemplo de empresário para todos nós, com sua ética incomparável", disse. "Foi um grande líder que, sem dúvida, vai deixar saudade", afirmou o presidente do Itaú. Antônio Ermírio, que tinha 86 anos, faleceu na noite deste domingo, 14, em casa, de insuficiência cardíaca.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.