• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mudança no edital » Câmara de Vereadores amplia vagas para deficientes em concurso

Juliana Cavalcanti

Publicação: 04/08/2014 17:17 Atualização: 04/08/2014 18:16

Edital da Câmara de Vereadores foi alterado a pedido do Tribunal de Contas do Estado. Foto: Câmara de Vereadores/Divulgação (Edital da Câmara de Vereadores foi alterado a pedido do Tribunal de Contas do Estado. Foto: Câmara de Vereadores/Divulgação)
Edital da Câmara de Vereadores foi alterado a pedido do Tribunal de Contas do Estado. Foto: Câmara de Vereadores/Divulgação
A Câmara de Vereadores do Recife alterou o edital do concurso com vagas para nível médio e nível superior, cujas inscrições se encerram no próximo dia 6 de agosto. Até agora, segundo o procurador da Câmara de Vereadores, Izael Nóbrega, mais de 20 mil inscrições já foram feitas. A principal alteração está no número de vagas destinadas a portadores de deficiência.

Antes, não havia vagas reservadas para o nível superior e para o nível médio apenas 4 oportunidades para portadores de deficiência. Agora, das 36 vagas para nível superior, nove são para deficientes físicos, enquanto no nível médio foram acrescentadas duas vagas para a cota.

Desse modo, há uma vaga para nível superior reservada para portadores de deficiência para os seguintes cargos: assessor jurídico; consultor legislativo na área de Política Urbana, Obras, Transportes, Trânsito e Meio Ambiente; consultor legislativo na área de Saúde Pública; consultor legislativo na área de Educação e Cultura; contador, enfermeiro; gestor do controle interno legislativo; jornalista e médico.

Para o nível médio, há agora quatro vagas para deficientes físicos para assistente administrativo legislativo e uma vaga para programador. Ao todo, das 78 vagas, 14 são para portadores de deficiência.

As demais alterações no edital do concurso são relacionadas com questões de redação e de prazos a serem cumpridos. Todas as exigências, segundo o procurador da Câmara de Vereadores, Izael Nóbrega, foram feitas pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE).

"Recebemos um documento do TCE solicitando as alterações no edital e resolvemos atender, porque não é nossa intenção ir de encontro à orientação do órgão fiscalizador. Para alguns casos, caberia uma argumentação, mas decidimos não fazer, pois isso prejudicaria os prazos do concurso", disse Nóbrega, em entrevista ao Diario.

Confira o edital do concurso para a Câmara de Vereadores e as retificações feitas no edital do certame. O concurso está sendo realizado pela Fundação Getúlio Vargas. As provas acontecerão no dia 28 de setembro, no período da manhã para o Nível Médio, e no período da tarde, para o Nível Superior.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: pollyana lopes nunes
Mais do que justo! Os concursos já deveriam ser realizados sem estas limitações de vagas há muito tempo. A deficiência não está na mente, e nem na capacidade de exercer certas funções. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.