• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mais cobrança » Italianos credores da Argentina cobram dívida de US$ 2,8 bilhões na Justiça

Agência O Globo

Publicação: 04/08/2014 12:45 Atualização:

O governo argentino pode enfrentar outro revés em relação à dívida soberana do país. É que, segundo o jornal "Ámbito Financiero", tramita na justiça uma ação de italianos que detêm títulos da dívida Argentina e que reclamam o pagamento de mais de US$ 2,8 bilhões. De acordo com o jornal argentino, a sentença favorável aos europeus pode sair em breve.

A petição que tramita foi apresentada há oito anos e representa 50 mil investidores. Estes foram afetados pelo calote de 2001 e não renegociaram nem em 2005 nem em 2010.

O grupo já conseguiu uma vitória parcial: há pouco mais de um mês, o caso foi colocado sob a jurisdição Centro Internacional para Arbitragem de Disputas sobre Investimentos (CIADI), o órgão pertence ao Banco Mundial e resolve questões entre os países que fazem parte da organização.

Ainda de acordo com a publicação argentina, o mercado acredita que é muito provável que a sentença final não demore a sair, já que o CIADI não permite apelação.

Outro fator que pode acelerar o processo é a decisão da Suprema Corte americana, que acatou a decisão do juiz Thomas Griesa e não aceitou o recurso argentino. Fato que poderia condicionar as decisões no CIADI.

O assessor legal dos 50 mil italianos Tulio Zembo disse ao "Ámbito" que não há dúvida de que o tribunal do CIADI condenará a Argentina porque a reclamação que fazem os proprietários dos títulos públicos em default é uma questão muito básica do direito que muito dificilmente se pode negar".

Esse não vai ser o primeiro caso do país no foro de arbitragem do Banco Mundial. Mais de 30 ações pendentes pesam contra a Argentina no CIADI, segundo o "Ámbito".

Elas são movidas por empresas insatisfeitas com a "pesificação" de seus contratos, que acabaram afetados pela desvalorização da moeda argentina em 2002.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.