• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Negócios » Empresários japoneses criticaram o ambiente de negócios no Brasil

Daniela Garcia - Estado de Minas

Publicação: 02/08/2014 10:03 Atualização:

Governo e empresários japoneses criticaram o ambiente de negócios no Brasil em encontro de executivos durante a visita do primeiro ministro, Shinzo Abe, ao país. Segundo os japoneses, problemas como burocracia, carência de infraestrutura, tributação elevada e falta de capacitação da mão de obra inibem investimentos na economia brasileira.

“Há 40 anos, reuniões entre empresários vêm tratando desses problemas, mas não há evolução”, disse Abe, na Confederação Nacional da Indústria. As queixas contrastaram com o ambiente mais positivo nas cerimônias com representantes do governo brasileiro, nos quais os dois países selaram um total de nove acordos, entre eles um empréstimo de US$ 500 milhões para a construção de oito navios plataformas da Petrobras.

Brasil e Japão firmaram ainda compromissos em setores como saúde, inovação, comércio e engenharia naval e decidiram elevar as relações diplomáticas para o nível de “parceria estratégica ”. Isso significa que passarão a fazer consultas frequentes sobre temas políticos e econômicos.

Em 2015, serão celebrados, 120 anos de relações diplomáticas. “O acordo entre Petrobras, Agência Nexi e Mizou vai permitir a construção de plataformas de petróleo em alto mar e viabilizar investimentos para cooperação no estudo de exploração de hidratos de metano, fonte não convencional de gás natural”, destacou Dilma. Os acordos devem aportar ainda R$ 700 milhões em projetos agrícolas.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.