• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Trabalho » Conheça os profissionais imprescindíveis para a empresa funcionar bem Eles ajudam no andamento do serviço e no convívio no ambiente de trabalho

Augusto Freitas

Publicação: 03/08/2014 15:30 Atualização: 05/08/2014 21:08

Muldimídia/DP/D.A Press (Muldimídia/DP/D.A Press)
Muldimídia/DP/D.A Press

O técnico em informática, elétrica e eletrônica Roberto Américo tem 37 anos, 20 deles dedicados à área tecnológica. Em 2012, chegou à Elcoma Computadores, empresa pernambucana que fabrica computadores, e logo se destacou por ser curioso. Determinado, está sempre estudando e pesquisando, “por conta própria”, as novidades do mercado. Sabe tudo de micros, mas não se cansa de aprender.

A curiosidade, no caso dele, é bem-vinda.  Na Elcoma, Roberto tem a companhia do faz-tudo, do desafiador, do mentor e do otimista. E o que esses cinco modelos têm em comum? Todos, na avaliação de especialistas em recursos humanos, não podem faltar em uma empresa, seja pela dedicação, conhecimento ou relacionamento. Mas é preciso cuidado, dizem os analistas, para que as qualidades não se tornem prejudiciais ao ambiente corporativo.

“Não há formulas convencionais para identificar cada um deles, pois se tratam de perfis pessoais e cada empresa tem suas maneiras de avaliação. Mas são modelos que sem dúvida alguma agregam bons resultados, independentemente do porte da empresa”, explica Eline Nascimento, sócia da Ágilis RH. Ela vai além. “São características complementares e o ponto em comum deve ser os valores da empresa, o bem comum”, reforça.

Características

Na Elcoma Computadores há os cinco perfis: mentor, curioso, faz-tudo, otimista e desafiador. Foto: Guilherme Veríssimo/DP/D.A Press
Na Elcoma Computadores há os cinco perfis: mentor, curioso, faz-tudo, otimista e desafiador. Foto: Guilherme Veríssimo/DP/D.A Press
Há fórmulas de identificar tais figuras no ambiente de trabalho? Oficialmente, não, atestam os especialistas. As características podem ser mais notadas na própria convivência diária. Na Elcoma, a fama de curioso de Roberto surgiu justamente pelos conhecimentos técnicos na área profissional que escolheu atuar. O curioso da Elcoma entende tudo de circuitos, componentes eletrônicos, materiais e placas, entre outros. Tanto que foi monitor em cursos de informática.

“Sempre gostei de aprender e o fato de buscar novas soluções através da curiosidade e pesquisa, mesmo fora do ambiente de trabalho, acho que agrega valor à carreira e potencializa os negócios. Conhecimento nunca é demais”, pontua Roberto. A fama de curioso está tão sólida que ele tem até herdeiro. “Da mesma forma que recebi ajuda quando tentava conquistar  meu espaço acho importante também passar o que aprendi”, destaca.

Quem imagina que as figuras corporativas têm pouca importância se engana. De acordo com Vanci Magalhães, diretora da JBV Soluções em Recurso Humanos, esses tipos de perfis não difíceis de se encontrar atualmente. “Eram mais comuns em gerações passadas, onde não havia tanta interferência tecnológica. São importantes para os resultados, mas é preciso cuidado para que um não interfira de forma prejudicial na função do outro. O debate deve prevalecer”, diz.

Entre as vantagens de um time versátil, reforçam os analistas, estão o conhecimento e competitividade no mercado (o mentor), busca por soluções (o curioso), comprometimento (o faz-tudo), motivação e mobilização (o otimista) e diferencial em inovação e projetos (o desafiador). Desvantagens? “Excesso de críticas, autoconfiança demasiada e falta de desenvolvimento de habilidades, entre outros, podem minar a harmonia do ambiente e interferir nos resultados”, completa Eline.

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.