• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dívida » Juiz americano amplia autorização para pagamento de bônus argentinos na Europa

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 01/08/2014 20:57 Atualização: 01/08/2014 21:06

Carmine Boccuzzi, advogado da Argentina, deixa tribunal em Nova York. Foto: © AFP/STAN HONDA (Carmine Boccuzzi, advogado da Argentina, deixa tribunal em Nova York. Foto: © AFP/STAN HONDA)
Carmine Boccuzzi, advogado da Argentina, deixa tribunal em Nova York. Foto: © AFP/STAN HONDA
O juiz federal americano Thomas Griesa ampliou nesta sexta-feira a autorização que permite o pagamento de títulos argentinos reestruturados por meio de dois agentes na Europa. Griesa havia concedido uma autorização no dia 28 de julho a favor do Citibank e agora a estende aos agentes de pagamento europeus Cleartream (com sede em Luxemburgo) e Euroclear (com sede na Bélgica), que encaminham o dinheiro depositado pelo governo argentino aos credores na Europa.

A decisão não altera o bloqueio que o juiz mantém sobre os 539 milhões de dólares depositados pela Argentina no Bank of New York para pagar os títulos reestruturados sob legislação norte-americana em 2005 e 2010. Essa decisão judicial levou o país à moratória parcial.

O Citibank, o Euroclear e o Cleastream apresentaram uma "moção de esclarecimento" ao tribunal que cuida do litígio entre a Argentina e os fundos especulativos. Após analisar a questão, e apesar do pedido dos fundos especulativos para o bloqueio da transferência, Griesa resolveu que, por uma única vez, o Citibank poderá efetuar esse pagamento que inclui bônus reestruturados em dólares sob legislação nacional e outros emitidos como parte do acordo com a Repsol pela estatização da petrolífera YPF.

Segundo a ordem de Griesa, o banco deverá distinguir a partir de 30 de julho entre os títulos reestruturados e os emitidos como parte do acordo com a Repsol, o que o Citibank não poderá fazer no momento por não ter tempo suficiente.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.