• (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cúpula » Kirchner quer apoio do Mercosul

Correio Braziliense

Publicação: 29/07/2014 08:56 Atualização:

O chanceler argentino, Héctor Timerman, pediu ontem (28) que seus colegas do Mercosul se mobilizem por uma reforma do sistema financeiro internacional "que impeça as ações" dos fundos especulativos. Ele participou da reunião prévia à 46ª Cúpula presidencial do bloco, que será realizada nesta terça-feira (29) com a presença dos cinco presidentes do grupo.

O encontro de Cristina Kirchner (Argentina), Dilma Rousseff (Brasil), Horacio Cartes (Paraguai), José Mujica (Uruguai), e o anfitrião Nicolás Maduro (Venezuela) se dará na véspera do último dia do prazo dado por um juiz norte-americano para que a Argentina pague a dívida com os fundos que não aceitaram a reestruturação da dívida depois do calote de 2001.

A presidente da Argentina levará a questão à reunião para um pronunciamento de ratificação do apoio ao país e rechaço à sentença pelos membros do bloco. Teme-se, adicionalmente, que o estado de calote argentino tenha impactos não somente regionais, mas também globais.

Na pauta da Dilma Rousseff, está a proposta de antecipar para dezembro a eliminação de tarifas comerciais entre os países do bloco e o Chile, a Colômbia e o Peru, segundo adiantou o embaixador Antônio Simões, subsecretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe. A previsão é que as tarifas de importação sejam eliminadas em 2019.

De acordo com informações de Maduro, estarão presentes ao encontro representantes de países associados ao bloco regional, como: a presidente do Chile, Michelle Bachelet, assim como seus pares da Bolívia (Evo Morales), de El Salvador (Salvador Sánchez Cerén) e da Nicarágua (Daniel Ortega).

A volta do Paraguai ao Mercosul é um dos elementos que marcará a cúpula. Suspenso em 2012 com a destituição do ex-presidente Fernando Lugo, o país regressará com algumas resoluções aprovadas durante sua ausência, como o protocolo de adesão da Bolívia ao bloco, assinado em Brasília, em dezembro de 2012.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Antonio Silva
Rguniãozinha com "odor comunista" e de gente mentirosa! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.