• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Energia » Produção de petróleo da Petrobras no Brasil cresce 1,7% em junho

Agência Estado

Publicação: 18/07/2014 20:17 Atualização:

A produção de petróleo da Petrobras no Brasil atingiu a marca de 2,008 milhões de barris por dia (bpd) em junho, o que representa uma expansão de 1,7% em relação ao mês anterior. Na comparação com junho de 2013, houve acréscimo de aproximadamente 1,5%. Incluída a parcela operada pela Petrobras para seus parceiros, o volume produzido atingiu 2,135 milhões de bpd, expansão de 2,1% sobre maio deste ano.

No segmento de gás natural, a produção da Petrobras atingiu 66,4 milhões de metros cúbicos diários (m3/d) em junho, um novo recorde histórico. O montante representa uma expansão de 1,5% em relação ao mês anterior e de mais de 4% na comparação com junho de 2013. Quando incluída a parcela operada pela Petrobras para empresas associadas, o volume produzido alcançou 75,540 milhões de m3/d, alta de 2,1% ante o volume de maio.

A produção total de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil em junho atingiu 2,426 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), uma expansão de 1,6% em relação a maio deste ano e de 2% sobre junho do ano passado. "Incluída a parcela operada pela Petrobras para as empresas parceiras no Brasil, o volume atingiu a marca de 2,610 milhões de boe/d", destaca a estatal. Houve um incremento de 2% sobre a produção alcançada em maio.

A expansão da produção decorreu, principalmente, do maior volume produzido no pré-sal e da entrada em operação de novos sistemas de produção. A produção no pré-sal atingiu novo recorde no mês passado, ao chegar à marca de 477 mil barris por dia, uma expansão de 6,7% em relação a maio. No dia 24 de junho, a produção atingiu a marca de 520 mil barris por dia, considerando a produção da Petrobras e de volumes de parceiros operados pela estatal.

"Esses recordes são consequência natural da implantação de novos projetos na camada pré-sal, assim como dos elevados níveis de produção dos poços nos campos de Lula e Sapinhoá, onde a Petrobras vem atingindo, com frequência, vazões acima de 30 mil barris diários por poço", destacou a companhia.

A produção também foi impulsionada pelo maior volume produzido pela plataforma P-62, que começou a operar em maio no campo de Roncador, na Bacia de Campos. A unidade tem capacidade para processar até 180 mil barris de petróleo e 6 milhões de m3 de gás natural por dia e terá interligado, nos próximos meses, um total de 22 poços, sendo 14 produtores de petróleo e gás e oito injetores de água.

Exterior
No exterior, a produção da Petrobras atingiu 206,9 mil barris de óleo por dia, uma redução de 5,2% em relação ao mês anterior. A queda, segundo a Petrobras, decorre de uma "intervenção programada e já concluída" no gasoduto de exportação de gás do campo de Akpo, na Nigéria. "Isso fez com que a produção de média de óleo em junho, de 113,8 mil barris de óleo por dia (bopd), ficasse 6% abaixo dos 121 mil bopd produzidos no mês anterior", informou a empresa.

Já a produção média de gás natural no exterior foi de 15,828 milhões de m?/d, queda de 4,3% em igual comparação. "Essa queda deveu-se a uma menor produção no Lote 57 do campo de Kinteroni, no Peru, causada por menor demanda por exportação de GNL a partir desse país", destacou a Petrobras.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.