• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comércio e investimentos » China tenta reforçar presença na América Latina

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 18/07/2014 09:08 Atualização:

O presidente chinês, Xi Jinping, participou ontem (17) de uma reunião de cúpula com países latino-americanos para a criação de um fórum China-América Latina. A ação demonstra o interesse do gigante asiático pela região, onde compete com os Estados Unidos pela liderança em comércio e investimentos.

"A China está disposta a conjugar esforços com o Brasil e outros países da região para nos transformarmos em bons amigos e aliados", disse Xi Jinping em discurso na última quarta-feira (16) no Congresso brasileiro. "A China não se desenvolve isolada do mundo e insiste na estratégia de abertura e benefícios recíprocos", completou.

A cúpula desta quinta-feira reuniu em Brasília o presidente chinês com um "quarteto" que representa a Comunidade de Estados Latino-americanos e do Caribe (Celac): Cuba, Equador, Costa Rica e Antígua e Barbuda, além da presidente Dilma Rousseff. Outros chefes de Estado da região se somaram à iniciativa.

Xi Jinping chegou ao Brasil na segunda-feira para participar da cúpula do BRICS, onde foi aprovada a criação de um banco de desenvolvimento do grupo para financiar obras de infraestrutura. Em uma inusitada extensão de sua visita, na quarta-feira o presidente chinês participou também de uma cúpula entre o grupo BRICS e os países sul-americanos.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.