• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Otimismo » Embraer espera que mercado global demande 6.250 jatos até 2033

Agência O Globo

Publicação: 14/07/2014 15:53 Atualização:

A Embraer informou nesta segunda-feira suas perspectivas para o mercado global, em que prevê uma demanda de 6.250 jatos na categoria 70 a 130 assentos no período entre 2014 e 2033. A fabricante brasileira é líder nesses segmentos. A América do Norte deverá liderar as encomendas e a projeção, somada, é que o valor das entregas chegue a US$ 300 bilhões.

Segundo a companha, a previsão para o mercado global (que inclui outros fabricantes) é de entrega de 2.300 unidades no segmento de jatos de 70 a 90 lugares e de 3.950 aeronaves de 90 a 130 assentos. A substituição de aeronaves antigas representará 56% das novas entregas e os 44% restantes estão relacionados com o crescimento do mercado. Na avaliação da Embraer, a frota mundial de jatos de serviço com até 130 assentos aumentará dos 3.850 aviões registrados no ano passado para 6.580 em 2033. A América do Norte deverá responder por 32% das entregas, a Europa por 18% e a China, por 17%.

A Embraer leva em conta para essas expectativas a demanda global por transporte aéreo, que é medida pela receita por passageiro por quilômetro transportado (conhecida pela sigla RPK), que deverá crescer a uma média de 4,8% ao ano até 2033. O RPK será maior no Oriente Médio e China, com avanços médios de 7,1% e 6,8%, respectivamente.

No segundo trimestre, a empresa informou que entregou 58 jatos para a aviação comercial e executiva, ante 51 em igual período de 2013 e acima do que era esperado pelo mercado. Em 30 de junho de 2014, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava US$ 18,1 bilhões. No semestre, o número de entregas chega a 92 aeronaves.

A empresa destacou as entregas dos E175, em que foram feitas melhorias que permitiram a redução do consumo de combustível em 6,4%. Dessas aeronaves foram entregues 16 no segundo trimestre, somando 24 no semestre.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.