• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mulheres » Academias e lojas especializadas em luta se adaptam ao público feminino

Mirella Falcão - Diario de Pernambuco

Publicação: 12/07/2014 16:00 Atualização: 11/07/2014 23:00

Na MXA Fight Club, as mulheres representam 90% das matrículas nas turmas de muay thai. Foto: Debora Rosa/Esp DP/D.A Press
Na MXA Fight Club, as mulheres representam 90% das matrículas nas turmas de muay thai. Foto: Debora Rosa/Esp DP/D.A Press
Luta é coisa para homem? Elas provam que não. Nas academias e lojas especializadas em artigos para essa prática esportiva, a frequência do público feminino é cada vez maior. Já que o ambiente deixou de ser restrito ao sexo masculino, os estabelecimentos estão adaptando o negócio para atrair as “lutadoras”.

No Centro de Treinamento Arena Fight elas já são maioria. “Cerca de 75% dos meus alunos são mulheres”, conta o proprietário, Jefferson Marinho. De acordo com ele, a diferença entre o público feminino e o masculino é que elas não chegam interessadas exatamente na filosofia da arte marcial e sim na maior perda calórica proporcionada por ela.

“Enquanto em uma hora de musculação uma pessoa perde de 400 a 500 calorias, nos treinos com luta isso dobra”, explica Marinho. Segundo ele, as mulheres têm preferência por algumas modalidades como muay thai e boxe. “Em geral, elas não gostam das lutas com muito contato físico.” Para deixar as alunas mais à vontade, a academia oferece turmas exclusivas.

No vídeo produzido pela reportagem do Diario, elas explicam porque estão aderindo às artes marciais e como o varejo está despertando para o interesse delas na atividade, ofertando produtos com estampas  e cores mais atrativas às mulheres. Para quem ficou interessado, a mensalidade para as modalidades de luta sai por R$ 130, em média. As luvas de boxe custam em torno de R$ 150.

  

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.