• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Influência » FGV: reajuste da Eletropaulo deve 'perturbar' inflação

Agência Estado

Publicação: 08/07/2014 13:48 Atualização:

O reajuste das tarifas de energia elétrica da AES Eletropaulo deve "perturbar" a inflação de julho, mas sem provocar disparada nos índices, previu o superintendente adjunto de inflação da Fundação Getulio Vargas (FGV), Salomão Quadros. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou um reajuste médio de 18,66% em São Paulo, em vigor desde 4 de julho.

"O que vai perturbar o IPC é energia elétrica, mas uma parcela (do reajuste) será anulada pela captação do desconto na tarifa de água em São Paulo a partir de julho", disse Quadros. A partir deste mês, a FGV passa a contabilizar o desconto e já informou que a queda do item será de 7,99% em São Paulo e de 1,58% na média do País.

"Mas, de qualquer forma, não vai ter disparada", ressaltou. Segundo o superintendente, o período deve contar com liquidações de vestuário e alívios em preços de passagens aéreas e hotéis, após a Copa do Mundo.

Além disso, os alimentos devem continuar trazendo uma contribuição benéfica à inflação, diante dos recuos nos preços no atacado. Isso mesmo com o avanço de 1,05% nos bovinos dentro do IPA, impulsionado pelas exportações. "Mas pode ser que isso não se sustente", comentou Quadros.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.