• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Fundos de hedge » Ministro argentino irá liderar negociações em Nova York

Agência Estado

Publicação: 07/07/2014 08:52 Atualização:

O Ministro da Economia da Argentina, Axel Kicillof, irá liderar a equipe de negociações que viaja para Nova York nesta segunda-feira (7) para discutir o problema da dívida.

A Argentina enfrenta uma longa batalha com fundos de hedge nos EUA. No mês passado, Thomas Griesa, um juiz federal de Nova York determinou o pagamento integral a fundos dos EUA que não aceitaram as propostas de reestruturação da dívida.

Essa decisão pode levar a Argentina ao segundo calote em 13 anos. Griesa impediu Buenos Aires de desembolsar US$ 539 milhões em pagamento de juros que venceram em 30 de junho. O governo argentino tem um período de carência de 30 dias para concluir o pagamento.

Pela decisão da Suprema Corte dos EUA, a Argentina só pode fazer esse pagamento se, ao mesmo tempo, pagar US$ 1,5 bilhão aos fundos que não participaram das duas reestruturações da dívida. O governo argentino alega que, se fizer isso, outros credores pedirão o mesmo tratamento, elevando o valor devido em bilhões de dólares.

Segundo comunicado publicado pelo governo argentino na noite de ontem, Kicillof irá se reunir com Daniel Pollack, advogado de Nova York que nomeou Griesa para monitorar as negociações entre os dois lados.

Kicillof é acompanhado por outros membros do governo argentino, como o Secretário de Finanças, Pablo Lopez, e o secretário legal do Ministério de Economia, Federico Thea, além de um advogado sênior do governo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.