• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Balanço » Copa do Mundo movimentou R$ 500 milhões em Pernambuco O estado recebeu mais de 400 mil visitantes no mês de junho, dos quais 157 mil estrangeiros

Diario de Pernambuco

Publicação: 02/07/2014 22:13 Atualização:

O estado de Pernambuco recebeu mais de 400 mil visitantes no mês de junho; pelo menos metade dessas pessoas assistiram a alguns dos jogos da Copa do Mundo na Arena Pernambuco. A movimentação financeira no estado alcançou a marca de R$ 500 milhões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (02) pela Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur). O estado sediou cinco jogos, quatro na primeira fase, e um nas Oitavas de Final.

Apenas no Aeroporto Internacional do Recife foram 252.450 desembarques domésticos e 14.152 desembarques internacionais. O estado recebeu 157 mil turistas estrangeiros, segundo informações da Prefeitura do Recife (PCR), e a ocupação hoteleira média foi de 92%.

Ainda de acordo com a PCR, quase 90% dos estrangeiros e 33,8% dos brasileiros que vieram à capital pernambucana não conheciam a cidade. Destes, 80,1% demonstraram interesse em voltar.

"A realização da Copa superou as expectativas. Toda a expectativa em relação aos protestos e de que Pernambuco não estaria preparado para receber o evento foram quebradas e tudo aconteceu da melhor forma, inclusive o funcionamento do transporte público", ressaltou o presidente da Empetur, André Correia.

Dos visitantes, mais da metade dos que compareceram aos jogos da Copa do Mundo na Arena Pernambuco era turista e excursionista (51,71%), sendo 60,69% residentes no Brasil e 39,31%, no exterior. O principal público de estrangeiros foi composto por norte-americanos (28,03%), mexicanos (23,18% e japoneses (8,82%). Dos brasileiros, a maior parte era de Pernambuco (25,17%), Paraíba (24,50%) e São Paulo (15,55%).

"Ficamos satisfeitos com o bom número de mexicanos e japoneses. A presença desses visitantes abre novos mercados para a divulgação de Pernambuco. Continuaremos a divulgação nos países que já trabalhamos e vamos reforçar o trabalho para alcançar esse novo público, incluindo a colônia japonesa que vive em São Paulo", destacou André Correia.

Outro dado interessante nos turistas que vieram acompanhar a Copa do Mundo em Pernambuco é que 53% vieram acompanhados de familiares, enquanto 33,20% estavam com amigos. Em média, os turistas passaram quatro dias no estado. Para os estrangeiros, o tempo médio de permanência foi de nove noites.

Segundo a Prefeitura do Recife, alemães e americanos foram os que ficaram mais tempo, 11 e oito noites, respectivamente.

Os principais meios de hospedagem foram hotéis (43,8%), albergues e pousadas (21,8%), navio (15%) e casa de recifenses (8%). Mais de 70% disseram que tiveram suas expectativas com relação à cidade superadas ou atendidas.

O perfil dos turistas que passou pelo estado entre 12 e 29 de junho era do sexo masculino (74,85%), com idade entre 26 e 35 anos (39,22%) anos, com renda mensal de cinco a 10 salários mínimos (27,92%). Apenas no Centro de Atendimento ao Turista de Olinda (CAT) foram atendidos turistas de 40 países, entre eles Noruega, Nova Zelândia, Honduras, Suíça, Chile, Índia e Panamá.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.