• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pesquisa » Diferença entre tarifas bancárias chega a 563,33%, diz Procon

Agência Estado

Publicação: 02/07/2014 17:01 Atualização:

A diferença entre os valores de tarifas bancárias pode chegar a 563,33%, de acordo com pesquisa da Fundação Procon-SP, divulgada nesta quarta-feira, 2. Essa diferença máxima foi encontrada para o serviço "pagamento de contas", aquelas operações nas quais as contas são pagas por meio do cartão de crédito. O menor valor praticado para o serviço foi de R$ 3 pelo Banco do Brasil e o maior, de R$ 19,90 pelo Santander.

A pesquisa avaliou sete instituições (Banco do Brasil, Bradesco, CEF, HSBC, Itaú, Safra e Santander) e comparou as tabelas de serviços prioritários e dos pacotes padronizados vigentes no dia 4 de junho com os preços praticados em 10 de julho do ano passado.

No caso de pacotes oferecidos aos clientes, a maior diferença de valores foi encontrada no Pacote Padronizado III. O menor valor cobrado por ele é de R$ 15,80 na Caixa Econômica Federal (CEF) e no HSBC, enquanto no Santander o mesmo pacote custa R$ 20,50, ou seja, 29,75% mais caro.

Em relação ao ano de 2013, os pacotes padronizados I, II, III e IV conservaram os preços, com exceção do pacote padronizado I no Banco do Brasil e NO HSBC, que tiveram um reajuste respectivamente de -1,01% e -29,63%, praticamente igualando seus valores aos praticados pelos outros bancos.

Desde o ano passado, o Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou a oferta de pacotes padronizados. A diferença entre os novos pacotes definidos pela resolução do CMN está na quantidade de serviços oferecidos e na inclusão do item "fornecimento de folhas de cheque".

De todos os bancos avaliados, o HSBC foi o que mais baixou o valor das tarifas no período. Foram 11 reduções, sendo que a maior variação negativa foi de 54,13% para operação de câmbio. Banco do Brasil, Bradesco e Safra aumentaram sete tarifas e a Caixa foi a única instituição que não alterou cobranças no período.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.