• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Auditor Fiscal » Secretaria da Fazenda de PE fará concurso com 25 vagas e salários de R$ 11,8 mil Remuneração pode chegar a R$ 16,3 mil com o pagamento de gratificações. Inscrições começam no próximo dia 21.

Diario de Pernambuco

Publicação: 02/07/2014 11:37 Atualização: 02/07/2014 18:20

Demorou, mas finalmente vai sair. Após 22 anos sem seleções públicas, a Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) fará um novo concurso público para preencher 25 vagas no quadro de Auditor Fiscal do Tesouro Estadual (AFTE). As informações estão publicadas na edição desta quarta-feira (2) do Diário Oficial do Estado de Pernambuco, páginas 10 a 14 (confira aqui).

Leia mais sobre concursos no portal Admite-se

Pela portaria publicada no Diário Oficial, a remuneração inicial da função é de R$ 11.821,43, mas pode chegar a R$ 16,3 mil com gratificações por resultados e participação no ingresso de receita proveniente de multas relativas a impostos estaduais. Para concorrer, é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação. As inscrições vão ocorrer pelo site da banca no período de 21 de julho a 18 de agosto e o valor será de R$ 165,94.

A banca organizadora do concurso já foi definida e será a Fundação Carlos Chagas (FCC). Segundo a Sefaz-PE, o último concurso para o cargo ocorreu em 1992 e uma nova seleção para o cargo vinha sendo costurada desde 2011. Nessa época, existia a chance de uma oferta de 62 vagas, sendo 60 para auditores e duas para julgador de tributos. Desse modo, é provável que o conteúdo programático tenha modificações consideráveis diante do tempo do último certame.

Aos que vão tentar o ingresso na secretaria, vale lembrar que além do salário elevado a carreira no órgão conta com plano de cargos e salários com bônus durante o exercício. Os aprovados passarão por estágio probatório de três até adquirir a estabilidade na função, podendo evlouir de nível anualmente. De acordo com a Sefaz-PE, o quadro de carreira conta com16 níveis, com variação salarial de 3% a 5,5% do vencimento básico a cada nível.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.