• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rodovias » Arteris avalia reajuste 'unilateral' de pedágio

Agência Estado

Publicação: 30/06/2014 11:42 Atualização:

A Arteris e suas controladas Autovias, Centrovias, Vianorte e Intervias informaram nesta segunda-feira (30) em relação ao reajuste médio das tarifas de pedágios abaixo da inflação, que "estão analisando os impactos econômicos financeiros dessa decisão unilateral do governo do Estado de São Paulo e tomarão as medidas necessárias de defesa para garantirem seus direitos".

A exemplo do que divulgaram mais cedo nesta segunda-feira a EcoRodovias e a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), a Arteris diz também que a companhia e suas controladas "não concordam com a decisão do governo do Estado de São Paulo de não autorizar o reajuste da tarifa de pedágio das concessionárias paulistas de acordo com o que determinam seus contratos de concessão".

"A Arteris e as concessionárias paulistas controladas, que estão cumprindo com todos os investimentos e obrigações contratuais, discordam do cálculo do reajuste realizado pela Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), que irá vigorar a partir de amanhã, 1º de julho de 2014, nas suas praças de pedágio", diz a companhia, no fato relevante.

No fim da tarde de sexta-feira, a Artesp divulgou o reajuste médio de 5,29% nas tarifas dos pedágios, abaixo da inflação acumulada em 12 meses, de 6,37%, conforme o IPCA. Os porcentuais para cada praça de pedágio, de cada concessionária, variam de 0% a 8,57%.

Para a Vianorte, conforme o fato relevante divulgado nesta manhã o reajuste a ser aplicado é de 5,58%; para a Intervias, 4,67%; para a Centrovias, 5,04%; e para a Autovias, 5,17%.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.