• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bola » Adidas prevê venda de mais de 14 milhões de Brazucas durante a Copa do Mundo

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 24/06/2014 12:42 Atualização:

A Adidas também planeja vender mais de 8 milhões de réplicas das camisas das nove seleções que patrocina durante a competição. Foto: Yuri Cortez/AFP Photo
A Adidas também planeja vender mais de 8 milhões de réplicas das camisas das nove seleções que patrocina durante a competição. Foto: Yuri Cortez/AFP Photo
A empresa alemã de artigos esportivos Adidas planeja vender mais de 14 milhões de Brazucas, a bola oficial da Copa do Mundo no Brasil, anunciou nesta terça-feira.

Isto representa "um milhão a mais do que durante a Copa do Mundo de 2010", o ano em que o grupo vendeu 13 milhões de exemplares da bola oficial, batizada "Jabulani", declarou seu presidente Herbert Hainer durante uma coletiva de imprensa em Herzogenaurach.

"Grande parte deste objetivo já foi alcançado", garantiu à AFP um porta-voz da empresa, sem dar mais detalhes.

A Adidas, líder mundial no segmento de futebol, também planeja vender mais de 8 milhões de réplicas das camisas das nove seleções que patrocina durante a competição, mais do que vendeu em toda a sua história em Mundiais, acrescenta o comunicado.

Apenas a camisa da seleção alemã deve contribuir para este resultado com mais de dois milhões de unidades, enquanto as da Argentina, México e Colômbia devem chegar a mais de um milhão cada.

"Nós definitivamente alcançaremos o nosso objetivo de dois bilhões de euros em vendas na categoria de futebol em 2014", disse Hainer, confirmando o objetivo já definido pelo grupo no ano passado.

Parceira da FIFA até 2030, a Adidas fornece, além da bola oficial da Copa do Mundo, uniformes aos milhares de voluntários que trabalham na organização de grandes eventos esportivos e uma infinidade de produtos vendidos através do mundo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.