Livrarias da Alemanha denunciam chantagem da Amazon | Economia: Diario de Pernambuco
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Concorrência » Livrarias da Alemanha denunciam chantagem da Amazon

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 24/06/2014 10:04 Atualização:

A organização, que atua em nome de todas as empresas do setor, levou o caso à comissão alemã da concorrência. Imagem: Emmanuel Dunand/AFP Photo
A organização, que atua em nome de todas as empresas do setor, levou o caso à comissão alemã da concorrência. Imagem: Emmanuel Dunand/AFP Photo
A associação de livrarias da Alemanha anunciou nesta terça-feira uma demanda contra a Amazon ante a comissão de concorrência por chantagem em suas práticas comerciais e abuso de posição dominante.

"Com suas práticas similares à chantagem com as editoras, a Amazon viola o direito à livre concorrência", declarou em um comunicado o presidente da associação, Alexander Skipis.

A organização, que atua em nome de todas as empresas do setor, levou o caso à comissão alemã da concorrência.

Segundo os profissionais alemães, o gigante americano do comércio eletrônico pressiona algumas editoras para obter descontos de 40% a 50% se quiserem vender seus livros na Amazon.

Entre as editoras afetadas estão a escandinava Bonnier, muito presente na Alemanha com selos como Ullstein, Carlsen ou Piper.

Há mais de um ano, a Amazon enfrenta na Alemanha - seu mercado mais importante fora dos Estados Unidos - o sindicato de serviços Verdi, que pede aumentos de salário e organizou várias greves em seus principais centros de logística.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.