• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

São João » Movimento intenso nos supermercados neste final de semana

Mirella Falcão - Diario de Pernambuco

Publicação: 19/06/2014 18:12 Atualização: 19/06/2014 20:49

A previsão é de um fim de semana com movimento intenso nos supermercados lotados. Isso porque o pico das vendas do período junino, que normalmente acontece na véspera do São João, deve ser antecipado por conta do jogo do Brasil na segunda. A alta nas vendas pode chegar a 30% em relação ao ano passado.

As vendas em função da maior festa regional do Nordeste ganharão impulso com a realização da Copa do Mundo, de acordo com a rede Bompreço, elevando a procura principalmente por alimentos e bebidas. A expectativa é de uma alta de mais de 20% no período.As vendas de milho, leite de côco e misturas para bolos e canjicas chegam a ter uma venda 10 vezes maior neste mês, de acordo com rede Bompreço.

No setor de bebidas das unidades são os destilados os produtos que lideram a procura do consumidor no período junino. As vendas da categoria no Nordeste neste São João deve ser 30% maiores que as registradas no ano passado. Em Pernambuco, essa alta deve estar concentrada principalmente em uísques. Para a padaria dos supermercados, o período de São João é o segundo mais movimentado do ano, só perdendo para o Natal. A expectativa é de um crescimento de 20% nas vendas de bolos e quitutes tradicionais, como bolo de milho, broa de milho, bolo de tapioca e pé-de-moleque.

O grupo Pão de Açúcar, controlador das bandeiras Extra e Pão de Açúcar, espera na região Nordeste um aumento médio de 30% na venda dos produtos típicos por conta das festas juninas, cujo consumo deve ser reforçado pela Copa do Mundo. Nos produtos à base de milho, como doces, bolos e pipocas, as vendas na região devem ser 37% maiores que no ano passado. Os pratos típicos feitos com amendoim devem apresentar crescimento de 30% na mesma comparação.

As lojas do Pão de Açúcar e Extra do Nordeste também se preparam para oferecer uma grande diversidade de vinhos nacionais, importados, aguardentes e uísques com preços especiais para o período. A expectativa é vender 30% a mais que no ano passado. Já em cervejas e refrigerantes, as vendas devem ser 22% maiores, na mesma comparação.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.