• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Prejuízo » Greenpeace perde 3,8 milhões de euros no mercado por erro de funcionário

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 15/06/2014 15:15 Atualização:

A ONG Greenpeace perdeu € 3,8 milhões em doações no mercado de ações por um "erro grave de cálculo" de um de seus funcionários, informou a organização, que divulgou um pedido público de desculpas.

"Até o momento, não há qualquer prova de que tenha feito isso para enriquecimento pessoal. Parece que se trata apenas de um grave erro de cálculo", disse à AFP o diretor de Comunicação do Greenpeace, Mike Townsley.

Para se proteger das flutuações das taxas de câmbio, o Greenpeace tem vários contratos com firmas especializadas na compra de divisas a taxas fixas, explicou Townsley. "É uma prática habitual em organizações como a nossa, que tem sucursais em muitos países", justificou, acrescentando que "sem isso, seríamos muito vulneráveis às flutuações e poderíamos perder muito dinheiro de que nossa organização precisa em vários pontos do mundo".

Segundo o porta-voz, um dos funcionários do Greenpeace "extrapolou suas funções" e tomou a iniciativa de firmar um desses contratos sem a aprovação da organização, que tem sua sede na Holanda.

"O contrato se mostrou muito prejudicial para nós", lamentou Townsley, sem dar detalhes.
"Perdemos € 3,8 milhões com essa história, é uma quantia alta", completou, informando que o orçamento anual do Greenpeace é de cerca de € 300 milhões.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.