• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Reincidente » Vigilância Sanitária do Recife interdita Carrefour da Torre pela segunda vez

Publicação: 13/06/2014 10:37 Atualização: 13/06/2014 11:18

Pouco mais de um mês após uma interdição por irregularidades sanitárias, o supermercado Carrefour, localizado no bairro da Torre, Zona Norte do Recife, voltou a ser punido pela Vigilância Sanitária do Recife (Visa). Na noite de ontem (12), a equipe de plantão do São João da Visa interditou o estabelecimento, desta vez por tempo indeterminado. Esta foi a segunda vez que o Carrefour foi interditado em pouco tempo, já que no último dia 8 de maio o local havia sido fechado pelos fiscais da Vigilância por razões semelhantes.

De acordo com a Visa, a vistoria que culminou com a interdição ocorreu depois que a equipe de plantão inspecionou as barracas instaladas no Polo do São João do Sítio da Trindade. No local, os fiscais identificaram 72 latas de bebida alcoólica sem prazo de validade e, segundo um dos comerciantes vistoriados no polo, a bebida teria sido comprada no Carrefour da Torre dias atrás.

Ao vistoriar a loja, a Vigilância Sanitária encontrou novamente várias irregularidades, entre elas um gato circulando nas dependências do estabelecimento, fezes do animal, água nas câmaras frigoríficas, mofo nas paredes, ilhas (prateleiras) de exposição de produtos enferrujadas e bandejas para assar pão em precárias condições de higiene. Segundo o órgão, o estabelecimento poderá receber uma multa mais pesada, já que é reincidente.

Nesse tipo de inspeção, as multas aplicadas pelas falhas podem atingir R$ 2 milhões. Além disso, como o supermercado é reincidente na conduta, o Ministério Público do Estado de Pernambuco e o Procon-PE podem solicitar o fechamento definitivo da unidade por configurar risco à saúde publica dos consumidores. Esta é a quarta interdição sofrida pela rede em diferentes lojas do Recife. As outras unidades punidas foram as da Avenida Domingues Ferreira (Boa Viagem) e Viaduto Tancredo Neves (Imbiribeira).

Em nota enviada através da assessoria de comunicação, a direção da rede Carrefour informou que as recomendações feitas pela fiscalização na noite de ontem em sua unidade do bairro da Torre “estão sendo providenciadas”. O documento diz que “a empresa tomará todas as providências necessárias para reforçar os procedimentos de segurança alimentar que fazem parte de seu padrão de qualidade e qualquer irregularidade será rigorosamente apurada e corrigida”. A rede disse ainda que “os colaboradores serão reorientados quantos às normas adotadas pela rede, que atendem estritamente ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) e demais legislações pertinentes.”

Desde o mês de março, a Vigilância Sanitária e outros órgãos de defesa do consumidor realizaram 34 vistorias (levantamento do Diario) nos supermercados do Grande Recife, com 28 interdições totais, três parciais e quatro notificações/autuações. Mais de duas toneladas de alimentos impróprios para o consumo foram confiscados pelos órgãos de fiscalização.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.