• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Fiscalização » Hiper Bompreço da Caxangá tem açougue interditado

Mirella Falcão - Diario de Pernambuco

Publicação: 04/06/2014 15:05 Atualização: 04/06/2014 16:46

Foram apreendidos 22 quilos de alimentos impróprios para o consumo. Foto: Vigilância Santinária/Divulgação
Foram apreendidos 22 quilos de alimentos impróprios para o consumo. Foto: Vigilância Santinária/Divulgação
O açougue do Hiper Bompreço localizado na Avenida Caxangá, próximo ao Parque de Exposições, foi interditado na manhã desta quarta-feira (4). De acordo com os órgão de fiscalização, o estabelecimento não possui licença da Adagro para fracionar a carne e o setor vai ficar fechado por tempo indeterminado. Durante a inspeção, foram apreendidos 22 quilos de alimentos impróprios para o consumo. Um termo de notificação foi emitido pela Vigilância Sanitária (Visa) do Recife.

Além disso, cerca de sete quilos de carnes foram apreendidas por apresentarem as características organolépticas (cor, odor e textura) alteradas. A fiscalização ainda encontrou 15 quilos de pizza descongeladas em uma ilha polar. Os alimentos foram inutilizados no compactador. Foi identificado, também pela Visa, um esgoto estourado em frente ao supermercado. "Pedimos que eles façam a manutenção da caixa de gordura, regularmente, além de apresentarem uma planilha dos serviços realizados", relata a gerente de Vigilância Sanitária do Distrito Sanitário 4, Márcia Campos

De acordo com a gerente, a interdição foi apenas parcial porque as irregularidades foram pontuais. "O depósito está organizado e limpo, os freezers e balcões frios mantêm as temperaturas adequadas", justifica ela. "Já monitoramos a loja há alguns meses. Uma vez por semana, uma equipe vai ao local para fazer vistoria, o que facilita que o estabelecimento esteja atento às condições sanitárias", completa.

Em nota, o grupo afirma que "o Hiper Bompreço Caxangá, assim como as demais unidades da rede Walmart que já tiveram seus açougues interditados no Recife, já estão trabalhando internamente para voltar a ter esses locais funcionando normalmente. Trabalho esse que envolve reuniões técnicas de alinhamento e entendimento com a própria Adagro".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.