• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Aviação » Demanda por voo doméstico sobe 11,1% em abril, diz Iata

Agência Estado

Publicação: 28/05/2014 17:52 Atualização:

A demanda doméstica por viagens aéreas no Brasil cresceu 11,1% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado, e liderou a expansão do tráfego aéreo global naquele mês, informou nesta quarta-feira (28) a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata). A expansão da demanda do país no período superou a da Rússia (10,3%) e da China (9,9%) e colaborou para que a demanda doméstica global registrasse um crescimento de 5,8% em abril, em igual base de comparação.

De acordo com a Iata, o feriado de Páscoa, que este ano caiu em abril e no ano passado foi em março, teve uma influência positiva na comparação. Mas no caso brasileiro, a Iata também avalia haver influência das atividades de preparação para a Copa. "Embora os fundamentos econômicos não deem suporte para a aceleração vista em 2014 até agora, pode ter havido alguns impactos positivos da preparação para a Copa do Mundo da Fifa", disse a entidade, em nota, a respeito do crescimento brasileiro. No caso da China e da Rússia, a elevação perto de 10% seria sustentada pela expansão econômica.

Oferta

No Brasil, a oferta doméstica de transporte aéreo aumentou 2,1%, segundo a Iata, levando à taxa de ocupação a 79,1%, ainda abaixo da média mundial de 80,2%.

A Copa também foi citada pela Iata como um fator positivo para o crescimento da demanda por viagens internacionais na América Latina. Para a entidade, o cenário para as empresas da região nos voos internacionais permanece positivo, também apoiado no "desempenho robusto de economias como Colômbia, Peru e Chile". No entanto, a associação sugere que a aceleração nas viagens a negócio é improvável no curto prazo na região.

Em abril, as empresas latino-americanas tiveram expansão do tráfego internacional de 8,2% frente abril de 2013, enquanto a oferta aumentou 5,2%, levando a uma alta de 2,2 pontos porcentuais na taxa de ocupação, para 79,1%.

O desempenho da demanda por voos internacionais na região ficou em linha com a demanda global, que cresceu 8,5%. Já a oferta mundial aumentou 6,9%, levando a uma taxa de ocupação de 79% nos voos internacionais.

Conforme a Iata, no período, companhias aéreas de todas as regiões registraram crescimento neste segmento de mercado, com as do Oriente Médio apresentando o melhor desempenho - com alta de 18,6% na demanda e de 13,1% na oferta, resultando em uma evolução de 3,8 pontos porcentuais na taxa de ocupação, para 80 8%. "As aéreas no Oriente Médio continuam a se beneficiar do fortalecimento da economia regional e do sólido crescimento nas viagens premium a negócios", disse a Iata.

Tráfego global


No consolidado, incluindo voos domésticos e internacionais, o tráfego global de passageiros aéreos cresceu 7,5% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado. A capacidade global do transporte de passageiros, por sua vez, aumentou 5,8%, elevando a taxa de ocupação em 1,2 ponto porcentual, para 79,4%.

A Iata destacou que a comparação com abril do ano passado é um pouco influenciada pelo feriado de Páscoa, que ocorreu em abril de 2014, um mês mais tarde do que em 2013. Na comparação com março passado, o crescimento do tráfego foi de 2,9%.

"O crescimento da demanda de abril foi uma agradável surpresa em face da tendência de moderação dos últimos meses, mas não está claro se a aceleração na demanda é sustentável, tendo em vista as tendências econômicas globais, incluindo o crescimento mais lento na China", disse o diretor-geral da Iata, Tony Tyler, em nota.

A Iata representa cerca de 240 companhias aéreas, que respondem por 84% do tráfego aéreo global.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.