• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Estados Unidos » GM: pode crescer lista de mortes relacionadas a recalls tardios

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 27/05/2014 20:41 Atualização:

O número de acidentes fatais vinculados a um recall tardio para revisão de veículos na América do Norte, que complica a General Motors desde fevereiro, poderá crescer, segundo um comunicado divulgado nesta terça-feira pela agência de segurança em rodovia.

A GM enfrenta várias investigações pela demora em realizar o recall para revisão de 2,6 milhões de automóveis produzidos entre 2003 e 2011 com um defeito de ignição que impede a abertura do airbag.

De acordo com dados do fabricante, 13 acidentes fatais, alguns ocorridos há vários anos, estão vinculados a esta peça defeituosa.

"O número final de mortos associado a este defeito não é conhecido pela NHTSA (agência de segurança em rodovias), mas acreditamos que foram perdidas mais de 13 vidas", afirmou nesta terça-feira o diretor da entidade, David Friedman, em comunicado.

Friedman ressaltou que o grupo poderia determinar o número de mortes baseando-se nos procedimentos judiciais em curso e nas reclamações de clientes.

A GM já chegou a acordos com algumas das famílias das vítimas que apresentaram demandas. Os termos dos acordos são desconhecidos.

A montadora foi multada no dia 16 de maio em 35 milhões de dólares na justiça civil, um valor recorde para este tipo de caso.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.