• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Reprovado » Vigilância Sanitária do Recife interdita preventivamente restaurante Casa D'Itália

Diario de Pernambuco - Diários Associados

Publicação: 23/05/2014 14:27 Atualização: 23/05/2014 15:59

Turistas que virão a Pernambuco acompanhar os jogos da Copa Fifa poderão deixar de visitar um dos restaurantes especializados em comida italiana, o Casa D’Itália, localizado na Rua Ernesto de Paula Santos, em Boa Viagem.

É que o estabelecimento foi interditado pela Vigilância Sanitária do Recife na manhã desta sexta-feira (23) após uma inspeção que é parte do trabalho de fiscalização do projeto Categorização dos Restaurantes do Recife para a Copa do Mundo 2014. O local já havia sido vistoriado no primeiro ciclo de categorização, em 2013, tendo apresentados falhas semelhantes.  

Durante a vistoria, os fiscais da Vigilância constataram algumas irregularidades, como alimentos armazenados no chão, temperatura de conservação inadequada e contaminação cruzada, quando tipos de alimentos incompatíveis são armazenados juntos. A reportagem do Diario ligou para os números do estabelecimento, mas até o momento a direção do restaurante não atendeu as chamadas e nem se pronunciou sobre a interdição.

De acordo com o órgão, a gerência do estabelecimento terá de apresentar um cronograma de ação para que ele volte a funcionar. Após a execução deste calendário, a desinterdição pode ser solicitada e a Vigilância realizará uma nova inspeção para saber se as falhas foram corrigidas.

A interdição, segundo a Vigilância, é cautelar e pode dura até 90 dias. Pela legislação, a tradicional cantina italiana responderá a um processo administrativo e poderá ser multada em valores entre R$ 40 e R$ 400 mil. Em relação ao projeto, o Casa D’Itália não atingiu a pontuação necessária para ser categorizado e foi inserido no grupo de pendentes por apresentar situação desfavorável.

Categorização


No Recife, de acordo com a Vigilância, 158 estabelecimentos foram categorizados, além de outros 18 localizados no Aeroporto Internacional dos Guararapes-Gilberto Freyre. Destes, 2,60% foram inseridos na categoria A, 29,70% na categoria B, 40,60% na categoria C e 27,10% estão pendentes. O resultado será divulgado após a classificação final e será conhecido pelas notas do segundo ciclo de inspeção, que encerra este mês.

A categorização dos serviços de alimentação no Recife faz parte de uma iniciativa da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em parceria com as vigilâncias sanitárias de 11 cidades-sede, com exceção de Salvador, com base em experiências bem sucedidas em cidades como Los Angeles, Nova Iorque e Londres.

De acordo com a Anvisa, a classificação atende a critérios de avaliação que priorizam os aspectos de higiene de maior impacto para a saúde, como qualidade da água, temperatura, armazenamento e manipulação. As boas práticas representam medidas para minimizar eventuais danos à saúde, especialmente as Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.