• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Incentivos » Banco Mundial financia projetos de 1,5 bilhão de euros na Ucrânia

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 22/05/2014 17:19 Atualização:

O Banco Mundial aprovou nesta quinta-feira um financiamento para Ucrânia de cerca de 1,5 bilhão de dólares para três projetos, a fim de ajudar o país com reformas fundamentais e projetos de infraestrutura.  

Os novos projetos são parte do pacote de ajuda de 27 bilhões de dólares prometido pela comunidade internacional à Ucrânia, mergulhada em uma profunda crise política e econômica.  

O Banco Mundial anunciou em março que pretendia oferecer à Ucrânia 3,5 bilhões de dólares em ajuda até o final do ano. Já o Fundo Monetário Internacional planeja contribuir com 17 bilhões de dólares nos próximos dois anos.

"Estamos intensificando nossa assistência à Ucrânia porque queremos ajudar a melhorar a vida das pessoas no país e recuperar a economia em um momento crucial", afirmou em comunicado o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim.

"As autoridades ucranianas desenvolveram um amplo programa de reformas, contando com a ajuda do Banco Mundial."

Com o movimento separatista pró-Rússia no leste do país, a economia ucraniana deve recuar 5% em 2014, de acordo com o FMI.  

O Banco Mundial informou que cerca da metade do financiamento anunciado nesta quinta -- 750 milhões de dólares -- é voltada para reformas de "alta prioridade", incluindo esforços para combater a corrupção e mudanças em "subsídios ineficientes e desiguais", com o objetivo de proteger os mais pobres.

A instituição com sede em Washington também fornecerá 382 milhões de dólares para apoiar melhorias na eficiência energética e 350 milhões para serviços de água e de coleta de resíduos sólidos.

Com os novos investimentos, a atual carteira de crédito do Banco Central na Ucrânia chega a 3,39 bilhões de dólares.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.